Delator afirma que Fernando Baiano recebeu propina preso

Compartilhe nas redes sociais:

O delator e ex-presidente da Odebrecht Ambiental Fernando Reis contou que a empreiteira pagou propina ao lobista Fernando Baiano mesmo após ele ter sido preso, em 2015, pela Lava Jato.

Baiano passou a cumprir pena em casa, em novembro daquele ano, depois de ter fechado acordo de delação premiada. O lobista é apontado pelas investigações da Lava Jato como um dos operadores de propina para políticos do PMDB, no esquema de desvios da Petrobras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *