Sant’Ana recusa pedido de desculpas ao Vitória para evitar crise política

Compartilhe nas redes sociais:
As declarações feitas pelo vice do Bahia, Pedro Henriques, não são unanimidade no Fazendão. Sem se manifestar publicamente sobre as polêmicas do primeiro clássico válido pelas semifinais da Copa do Nordeste, o presidente tricolor, Marcelo Sant’Ana, chegou a conversar nesta sexta-feira (28) sobre o assunto com o mandatário do Vitória, Ivã de Almeida, que solicitou um pedido de desculpas através do site oficial do Esquadrão, mas a proposta foi recusada.
Esta recusa de Sant’Ana resultou na decisão de Ivã de Almeida em mandar um ofício para a FBF, para comunicar o fato e alertar para as entidades citadas.
A decisão de recusar o pedido de desculpas foi tomada para evitar uma crise política no Fazendão, onde os bastidores para a eleição presidencial no final do ano já estão movimentados. Sant’Ana teve medo de que um pedido de desculpas ao maior rival poderia resultar em tumulto provocado por sócios e conselheiros, aliados a Pedro Henriques, na Assembléia Geral programada para este sábado (29).
Desgastado no clube, Marcelo Sant’Ana tem a intenção de se reeleger, mas dificilmente terá condições de ganhar novamente. Com isso, o vice Pedro Henriques está sendo orientado por grupos de conselheiros e membros da ‘Revolução Tricolor’ a ‘botar a cara’ em assuntos polêmicos em defesa do clube para ocupar o lugar na sucessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *