Lula diz que nota de instituto sobre tríplex não teve seu aval

Compartilhe nas redes sociais:
O depoimento de Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sergio Moro, na quarta-feira (10), teve momentos em que o ex-presidente contradisse pontos de sua defesa divulgados anteriormente, como uma nota do Instituto Lula de 2016. Conforme a Folha, um dos procuradores do caso, Roberson Pozzobon, no entanto, perguntou acerca de nota divulgada no início do ano passado sobre o caso que afirmava que reformas e modificações no imóvel “naturalmente seriam incorporadas ao valor final da compra”.  Lula respondeu ao procurador que não é dirigente do instituto e que os comunicados são elaborados pela direção “em combinação com os advogados que conhecem o projeto e o processo todo”. 
 
“Nem sempre quando a nota é feita eu estou no instituto, nem sempre eu estou em São Paulo. Às vezes eu fico sabendo da nota pela imprensa”, afirmou. Ainda de acordo com a Folha, ele não especificou se o conteúdo da nota era correto e repetiu que “não tinha conhecimento” das reformas. 
“O espírito da nota é dizer que, mesmo se tivesse tudo certo, depois do carnaval feito em cima do tríplex, mesmo que eu tomasse a decisão [de compra], não tinha como utilizar o apartamento, porque aquilo virou uma coisa ‘bichada’.” 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *