Prefeitura de Lauro de Freitas ouve população para criar “Selo de Respeito a Pessoa Idosa”

Compartilhe nas redes sociais:

Um aulão ao ar livre levou à Cocha Acústica Roger Batera, no Centro de Lauro de Freitas, o grupo de idosos do Projeto Corpo em Movimento (CM), com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC). Realizado excepcionalmente na Concha, na manhã deste sábado (13), o aulão destacou a temática “Dia D da Família” e contou com a participação de filhos, netos e amigos dos idosos que integram a ação.

A proposta da SEMDESC é identificar os idosos que vivem no município e que participam de projetos como o CM para a construção em conjunto do “Selo de Respeito a Pessoa Idosa”. A assistente social Cassia Vieira, do Departamento de ,Assistência a Pessoa Idosa explica que estabelecimentos e serviços como transporte público receberão o selo a partir do atendimento aos critérios que serão exigidos para obtê-lo.

“Nos ainda estamos realizando estudos de como se dará, mas este selo é uma indicação incluída no Plano de Governo da prefeita Moema Gramacho para esta gestão”, explica. O Programa de Governo foi construído durante a campanha eleitoral com a participação da população. O selo é uma das demandas apontadas nas políticas públicas voltadas para o idoso que já estão em andamento no município.

Exercícios de respiração, alongamento e aeróbicos marcaram a manhã dos integrantes do projeto . De acordo com a professora de dança Heloisa Maria, mais de 70 idosos participam das aulas dois dias na semana. O foco é melhorar a qualidade de vida das pessoas na melhor idade. “No projeto os idosos têm aulas de pilates, aeróbica, expressão corporal, funcional e musicoterapia. A proposta é exercitar a mente e o corpo proporcionando bem estar, saúde e lazer aos adeptos”, contou.

Aluna há dois anos, Tânia Maria, 72, declarou sentir-se realizada ao estar na convivência de seus colegas e professores. “Antes desse projeto eu era uma pessoa depressiva que não queria viver. Eu estava sempre em cima de uma cama a base de remédios até que um dia uma amiga me falou desse grupo. É uma família, uma terapia que eu amo”, afirmou. Para Branca Cardoso o sentimento não é diferente. “O projeto mudou minha vida, em três meses perdi três quilos”, comemora.

Para participar do CM é necessário ter acima de 55 anos e boas condições de saúde física. No ato da matrícula os profissionais realizam anamnese com o objetivo de conhecer as necessidades de cada individuo. As aulas são realizadas no Cine Teatro duas vezes na semana nos períodos da manhã e tarde. A partir deste mês a ação também será desenvolvida na Associação de Moradores do Araqui.

CAMINHADA MAIO AMARELO

No próximo domingo (21), os idosos do CM também participarão das ações em alusão a campanha “Maio Amarelo”, realizada pela Secretaria de Transito Transporte e Ordem Pública (SETTOP) com objetivo de educar e conscientizar os condutores. O grupo participará de aulas de aeróbica ao ar livre na Praça das Orquídeas localizada no Loteamento Jardim Aeroporto, a partir das 7h30, enquanto outros grupos participam de uma caminhada que sai da Praça da Matriz em direção ao espaço em frente à sede da Settop.

Durante esse dia o fluxo de carros será suspenso dando início ao projeto “Lazer e Alegria”. Numa programação extensa de shows, atividades lúdicas e caminhadas as famílias também poderão participar de oficinas, recreação infantil e gastronomia com o projeto “Eu você e a Praça”. Food trucks no local oferecerão o melhor no quesito alimentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *