Juazeiro: suspeitos de terem espancado homem até a morte são presos

Compartilhe nas redes sociais:

Mateus Cosme Rodrigues e o padrasto dele Deílson José de Lima foram presos, na quarta-feira (7), por equipes da Delegacia de Homicídios (DH), de Juazeiro. Segundo a polícia, eles são responsáveis pelo assassinato de José Clézio Nunes que foi espancado e torturado pela dupla, em fevereiro deste ano. Um adolescente de 17 anos, irmão de Mateus, que também participou do crime, foi apreendido.
 
O delegado Claudio Gomes, titular da DH/Juazeiro, disse que José Clézio, ex-padrasto de Mateus, foi brutalmente espancado pelo trio, no Distrito Industrial, em Juazeiro, e chegou a ser empalado com um pedaço de madeira. Conforme informações da polícia, o motivo do crime seria de que José teria tentado estuprar uma sobrinha, de cinco anos de idade.
 
Mateus foi localizado e preso. Ele estava com um mandado de prisão preventiva em aberto, solicitado à Justiça pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Juazeiro), por estupro.
 
Ainda segundo a polícia, o irmão adolescente e o padrasto Deílson foram capturados numa operação conjunta da DH/Juazeiro e equipes da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Juazeiro). Mateus e Deílson vão responder por homicídio qualificado. O adolescente foi encaminhado ao Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *