Agência do INSS em Lauro de Freitas é destaque em reduzir a espera para 14 dias nos pedidos de aposentadoria

Compartilhe nas redes sociais:

Enquanto a agência da Previdência Social de Periperi, localizada no Subúrbio de Salvador, tem um tempo de espera estimado em mais de quatro meses para dar entrada na aposentadoria, iniciar o mesmo processo na agência do Centro Histórico pode reduzir esta espera em três meses. A espera pode ser encurtada para 14 dias, caso o segurado agende o atendimento a 32 km de Salvador, na agência de Lauro de Freitas.
 
Quem quiser adiantar o lado vai ter que escolher a agência certa ao fazer a marcação na Central de Atendimento da Previdência, pelo telefone 135, ou no site do órgão. A peregrinação rumo à aposentadoria chega a 168 dias na Agência de Simões Filho, que ocupa a primeira posição na fila de espera no estado. Porém, aqueles que estiverem dispostos a fazer uma viagem de 710 km, em direção ao Oeste da Bahia, conseguem se aposentar em um dia, lá no município de Paratinga.
 
 
Chá de cadeira
Segundo o chefe da Divisão de Benefícios da Gerência do INSS em Salvador, Marcelo Caetano, o instituto tem buscado alternativas para reduzir as filas de espera. “A população em idade de aposentar na Bahia aumentou muito nos últimos anos, tivemos o envelhecimento do Polo Petroquímico de Camaçari e o número de agências do INSS não cresceu na mesma proporção. Temos um problema de demanda e oferta”, reconhece.
 
Enquanto o INSS não resolve a situação, tem muita gente como o motorista José Carlos Soares, 69 anos, que esperou mais de seis meses após fazer o agendamento no mês de novembro para ser atendido na Agência do Comércio.
 
“Está aqui: 21/11/2016. Foi o dia que liguei para marcar”, conta. José Carlos está aposentado pelo Ministério Público, por tempo de contribuição. O motorista tenta agora uma segunda aposentadoria, agora por idade. “Logo que me aposentei, fui contratado por uma empresa terceirizada do Tribunal de Justiça e já tenho mais de 15 anos contribuindo e idade suficiente para garantir o outro benefício”, diz.
 
A doméstica Cleuza Guedes, 63, também lamenta tanta espera. Assim como o motorista José Carlos, Cleuza também entrou em contato com a Previdência em novembro do ano passado e só foi atendida em maio, quase 180 dia depois de fazer o telefonema. “É muito demorado tudo isso, estou há seis meses aguardando”. Outra queixa dela é em relação às informações passadas pelo INSS. “Chegamos aqui em busca de uma certeza e saímos com mais dúvidas. Espero que agora eu não tenha mais problemas e que eu consiga me aposentar”, reclama.
 
Depois de aguardar pacientemente desde dezembro, a situação da empregada doméstica Isabel Pereira, 60, não tem data para ser resolvida depois que descobriu que os seus empregadores não estavam depositando o fundo de contribuição da Previdência. “Só pagaram metade do tempo. Daí, tive que vir aqui para fazer o cálculo de quanto eles (os patrões) precisam depositar. Ainda estou sem saber de quanto será a minha aposentadoria e nem quando começo a receber”.
 
A fim de evitar casos como esse e com o objetivo de desonerar os postos de atendimento físico, o chefe de benefícios do INSS, Marcelo Caetano, faz mais uma vez o apelo para que a população utilize os canais digitais da Previdência. “A ferramenta Meu INSS é uma plataforma digital na qual o segurado pode acessar dados e realizar serviços sem a necessidade de ir até uma agência. É uma alternativa segura que precisa ser mais acessada para reduzir a demanda dos postos”, pontua.
 
 
Para dar entrada na aposentadoria
 
Marcação Para fazer a marcação na Central de Atendimento da Previdência via telefone é só discar 135. A ligação é gratuita de telefone fixo e tem o custo de uma ligação local para quem liga do celular.
 
Internet O agendamento também pode ser feito pelo site na página do órgão. O endereço é www.previdencia.gov.br.
 
Documentos É necessário apresentar um documento de identificação com foto e o número do CPF. É importante levar os documentos que comprovem os períodos de trabalho.
 
Contagem do tempo de serviço Acesse agencia.inss.gov.br/e-aps e clique em cidadão. Clique em simulações (Simulação de Contagem de Tempo de Contribuição Previdenciária). Informe seu NIT (PIS/Pasep/ NIT) e o código de letras e números. Preencha os campos com os dados pessoais. Na página seguinte, digite a data de início (admissão no vínculo ou a data de início da contribuição, no caso de contribuinte individual ou facultativo) e a data do fim (demissão no vínculo ou data do fim da contribuição) e clique em adicionar. No campo período de vínculos, você pode incluir ou excluir algum período ou informar afastamentos (licenças sem vencimentos, faltas e suspensões). Clique em executar simulação. Clique em gerar relatório para ter contagem de tempo concluída.
 
 
Agências por tempo de espera
 
 
1. Paratinga 1 dia
 
2. Agência Esplanada 9 dias
 
3. Lauro de Freitas 14 dias
 
4. Centro Histórico (SSA) 69 dias
 
5. Santo Amaro 86 dias
 
6. Mata de São João 86 dias
 
7. Comércio (Salvador) 85 dias
 
8. Brotas (Salvador) 95 dias
 
9. Mercês (Salvador) 95 dias
 
10. Pojuca 112 dias
 
11. Itapuã (Salvador) 123 dias
 
12. Camaçari 127 dias
 
13. Catu 136 dias
 
14. S. S. do Passé 138 dias
 
15. Bonfim (Salvador) 145 dias
 
16. Periperi (SSA) 148 dias
 
17. Alagoinhas 150 dias
 
18. Dias D’ávila 158 dias
 
19. Simões Filho 168 dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *