Agência do SINE em Lauro de Freitas ficará pronta em novembro

Compartilhe nas redes sociais:
Foto: ASCOM/PMLF

A Casa do Trabalhador passará por reforma para abrigar a nova sede do SINE no município de Lauro de Freitas. Ao custo de R$ 148 mil, a obra será realizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEINFRA) e a previsão é que seja concluída em novembro deste ano.

A expectativa é que a Casa do Trabalhador, espaço totalmente esquecida  prefeito de Lauro de Freitas, Márcio Araponga (sem partido), se transforme em um local de qualificação profissional, encaminhamento para o mercado de trabalho, habilitação para Seguro Desemprego, captação de vagas, serviço de intermediação para trabalho autônomo e um núcleo do CredBahia (programa que fomenta créditos para microempreendedores no estado).

A estrutura do local será montada com acessibilidade para cadeirantes, salas para atendimento e um destaque para a sala dos psicólogos que foi pensada seguindo as normas próprias para o serviço, com vedação total de som. Além do Termo de Convênio para a instalação de uma Agência Modelo do Sistema Nacional de Emprego (SINE), o ato firmado entre a gestão municipal e o Governo do Estado, através da Secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), também consolidou a implantação de dois Centros Vocacionais (CV) e da Agenda Municipal do Trabalho Decente.

De acordo com a titular da SETRE, Olívia Santana, assim como o SINE, serão implantados em Lauro de Freitas o Centro Vocacional de Tecnologia e Permacultura – que atuará no desenvolvimento da agricultura familiar, em Areia Branca, e outro Centro voltado as trilhas de Tecnologia em Portão. Além disso, a cidade também estará inclusa na Agenda Municipal do Trabalho Descente (AMTD), “que funcionará como um fórum de discursões entre os atores que fomentam a economia no município e atuará no combate às violações dos direitos trabalhistas, fiscalizando situações insalubres ou irregularidades”, pontuou.

Moema Gramacho (PT), prefeita de Lauro de Freitas, comentou que o SINE terá um papel importantíssimo na cidade. “Nós solicitamos que todas as empresas que estão instaladas aqui, utilizem mão-de-obra local para gerar renda e emprego em nosso município”, clamou a prefeita.

Abandono da Casa do Trabalhador
O secretário municipal do Trabalho, Esporte e Lazer (SETREL), Uilson Souza (PCdoB), denunciou o total abandono que a gestão Márcio Araponga deixou a Casa do Trabalhador.

“Nós encontramos este lugar sucateado, com mais de 15 mil currículos guardados pela gestão passada. Estamos fazendo trabalhos de pesquisa e avaliando os perfis para encaminhamento dessas pessoas ao mercado de trabalho”, revelou ao pontuar que a Agência do SINE será fundamental para estreitar as relações entre empregador e trabalhador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *