Câmara entrega título de cidadania ao ex-deputado Luiz Alberto

Compartilhe nas redes sociais:

Proposta foi de Roque Fagundes, Naide Brito e Edivaldo Palhaço

Em sessão especial na noite desta quinta-feira (16) e com a presença da prefeita Moema Gramacho a Câmara Municipal de Lauro de Freitas entregou o título de Cidadania ao ex-deputado federal Luiz Alberto, proposto pelos vereadores Roque Fagundes, Naide Brito, presidente da Casa, os dois do PT, e Edivaldo Palhaço (PSB).

“Lauro de Freitas te acolhe como filho, de braços abertos”, saudou Naide Brito. “Parabenizo esta Casa, em nome dos vereadores que propuseram esta honraria e dos demais pela aprovação por unanimidade”, agradeceu a prefeita. “É de homens e mulheres da sua grandeza que precisamos para construir uma nova sociedade”, afirmou Roque Fagundes. “Um ser humano que honra a minha cor, um negão que não foge à luta. O senhor me representa”, disse Edivaldo Palhaço.

“É uma honra muito grande receber essa homenagem, porque ninguém luta sozinho. Tem que ter a participação do movimento social”, declarou Luiz Alberto, que é morador de Lauro de Freitas desde 2003 e foi autor de quatro emendas ao orçamento da União destinando recursos para a cidade.

Luiz Alberto foi autor de emendas que possibilitaram a criação do Centro de Cultura Afro-brasileira e construção do edifício Tata Kassutemi, que abriga o Polo de Capoeira, a oficina das baianas de acarajé e a Superintendência de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e Ações Afirmativas (Suppir), no Terminal Mãe Mirinha, em Portão.

Também são de autoria de Luiz Alberto as emendas ao orçamento da União que possibilitaram a criação do Centro de Referência de Acolhimento da Mulher Lélia Gonzalez, em Vilas do Atlântico, e a pavimentação asfáltica da Travessa 2 de Julho, em Areia Branca.

Luiz Alberto Silva dos Santos é natural de Maragojipe (Bahia). Deputado federal em cinco mandatos, foi secretário de Promoção da Igualdade no governo Jaques Wagner, dirigente do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) e do Movimento Negro Unificado (MNU).

Participaram da sessão o prefeito Gerenilson Requião e os vereadores João do Ônibus e Rubens de Pau Lavrado, de Catu; a vereadora de Salvador Marta Rodrigues, o secretário municipal de Educação, Paulo Gabriel, Mameto Kamuruci, representando os Terreiros de Lauro de Freitas, assessores do deputado federal Jorge Solla, dirigentes das Secretarias estaduais de Relações Institucionais e da Igualdade Racial, o superintendente municipal da Igualdade Racial, Paulo Aquino, militantes dos Movimentos Negros, do Povo de Santo e da cultura e sindicalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *