Alunos de Lauro de Freitas são premiados em concurso de redação do Proerd

Compartilhe nas redes sociais:

Nove alunos de Lauro de Freitas foram premiados como destaque no concurso de redação do PROERD-Programa Educacional de Resistência às Drogas. Em cada uma das nove escolas municipais atendidas pelo PROERD neste segundo semestre, o aluno que desenvolveu a redação que traduziu de melhor maneira o conceito do programa foi contemplado com uma bicicleta.
A solenidade de entrega dos prêmios e certificados foi realizada na sede do PROERD nas Aldeias SOS nesta segunda-feira (18). Além dos alunos, diretores das escolas premiadas e familiares participaram da atividade. “É muito gratificantes ver meu filho sendo reconhecido. O PROERD além de ensinar a dizer não às drogas permitiu que percebêssemos em casa o talento do nosso filho que é muito tímido”, confessou Marlene Brito, mãe de Felipe Brito, aluno premiado da Escola Tia Lúcia.
A prefeita Moema Gramacho que agradeceu mais uma vez o empenho da equipe responsável pelo PROERD no município, destacou a importância do programa diante do cenário de violência em que o país se encontra. “Essa parceria com a Polícia Militar, o Governo e a Secretaria de Segurança Pública é muito importante. Quando o coronel delega uma missão como o PROERD e existem pessoas que se colocam a disposição com compromisso, dedicação e amor para tirar nossas crianças do caminho do ilícito, só pode dar certo”.
Em Lauro de Freitas o PROERD é executado pelo tenente Juracy Brandão e pela soldado Lesley Souza, e gerido pela 52ª Companhia Independente da Polícia Militar. Para o comandante da Companhia, major Fabricio Silva, “o sentimento da companhia é de gratidão aos PMs que conduzem o programa e à prefeita Moema Gramacho que nos dá suporte para que tudo possa acontecer. A cada sala de aula que visitamos e vemos os resultados a vontade de continuar só aumenta”.
Entre os alunos premiados estava Emanuelle Conceição Sales, da Escola Municipal Fênix, autora da segunda melhor redação da Bahia nesta edição do PROERD. “Na minha casa ficou todo mundo feliz quando soube que ganhei. Gostei muito de ter participado do PROERD”. Durante a solenidade Emanuelle leu a redação e foi bastante aplaudida. Esse ano o programa que atua em Lauro de Freitas desde 2008 ultrapassou a marca dos 2 mil alunos atendidos.
Foram premiados ainda os alunos Felipe Brito da Silva Santos, da Escola Tia Lúcia, Alexandre Costa Lacerda, da Pato Donald, Luiza Vitória, da Dom Avelar, Geovana Queiroz Freitas, da Santa Julia, Flaviane Aila Alves, da Escola José Paranhos, Giovana dos Santos Rocha, da Jovina Moreira Rosa, Tainá Souza dos Santos, da Vovó Ciça, e Ana Luisa Almeida de Jesus, da São Judas Tadeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *