Bahia lidera geração de empregos formais entre os estados do Nordeste no quesito MPE

Compartilhe nas redes sociais:

 

O Nordeste foi a segunda região brasileira a gerar mais empregos nas micro e pequenas empresas (MPE), em 2017, com 59.183 postos. Os pequenos negócios nordestinos apenas ficaram atrás do Sudeste, que registrou a criação de 127.549 empregos nas MPE, segundo dados de levantamento feito pelo Sebrae com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), fornecido pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No total, as MPE brasileiras geraram 329.630 novos postos.

Na região Nordeste, a Bahia se destaca como o estado em que os pequenos negócios mais contrataram. De janeiro a dezembro de 2017, foram 17.620 empregos gerados no estado. No ranking brasileiro, os baianos ficam com a sexta colocação, após São Paulo (77.508), Minas Gerais (44.555), Goiás (31.168), Santa Catarina (24.942) e Paraná (23.040).

No total, os postos de trabalho gerados ao longo do ano pelos pequenos negócios brasileiros reverteram os saldos negativos registrados por esse nicho de empresas em 2015 e 2016, sinalizando uma retomada do emprego protagonizada pelas MPE. Já as médias e grandes empresas (MGE) registraram a extinção de 350 mil empregos em 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *