Prefeitura dá suporte a assentados e evita conflito em reintegração de posse

Compartilhe nas redes sociais:

As 185 famílias que ocupavam uma área particular no bairro de Vida Nova, em Lauro de Freitas, deixaram o assentamento nesta quinta-feira (22). De forma pacífica, aos poucos os barracos foram sendo desmontados e junto com os pertences das famílias colocados em caminhões. O assentamento, iniciado há cerca de três meses, já tinha até nome: Terra Nova.
Em meio a crianças, idosos, mulheres grávidas e muitos trabalhadores, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, acompanhou, no início da manhã, a reintegração de posse determinada por ordem judicial em favor da construtora OAS, dona da área. A prefeita ofereceu aos assentados o suporte necessário para que a desocupação ocorresse de forma tranquila.
“Sei que é doloroso ver o barraco sendo derrubado, mas pensem na possibilidade de ter uma casa nova”, disse a prefeita às mulheres que assistiam, com lágrimas nos olhos, o desmonte do assentamento. Uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania – SEMDESC está realizando o cadastro das famílias para terem acesso às políticas habitacionais do município.
Reconhecida pela trajetória no movimento social, a prefeita foi recebida no assentamento sob aplausos. “Nós temos que parabenizar a prefeita pelo esforço que fez pra nos ajudar e cada vez mais ela mostra que nós não ficaremos desamparados”, declarou Simone Cruz representando uma das 185 famílias.
O cadastro teve início na quarta-feira (21), logo após uma reunião do movimento com a gestora. “Eu governei essa cidade durante oito anos e entreguei 8 mil imóveis dos programas habitacionais. Temos 890 unidades em construção e 500 em fase de captação de recurso”, destacou a prefeita.
O presidente do MSTS – Movimento dos Sem Teto de Lauro de Freitas, Jhony Bastos, destacou a diferença entre as políticas do governo federal que vem impondo perdas de direitos sociais à população, e a gestão da prefeita Moema Gramacho que reforça o apoio aos movimentos sociais e trabalhadores. “Nas 22 cidades em que o movimento atua nunca vi uma gestão como esta que é solidária e parceira”.
A prefeita agradeceu o apoio da 81ª Companhia Independente da Polícia Militar que conduziu a reintegração com a serenidade necessária para a situação e ressaltou o posicionamento compreensivo do movimento diante da ordem de reintegração. “Vocês estão no caminho certo, no caminho da luta. Mas precisamos saber o momento certo de avançar e de recuar. Este é o momento de trégua paraPrefeitura dá suporte a assentados e evita conflito em reintegração de posse

As 185 famílias que ocupavam uma área particular no bairro de Vida Nova, em Lauro de Freitas, deixaram o assentamento nesta quinta-feira (22). De forma pacífica, aos poucos os barracos foram sendo desmontados e junto com os pertences das famílias colocados em caminhões. O assentamento, iniciado há cerca de três meses, já tinha até nome: Terra Nova.
Em meio a crianças, idosos, mulheres grávidas e muitos trabalhadores, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, acompanhou, no início da manhã, a reintegração de posse determinada por ordem judicial em favor da construtora OAS, dona da área. A prefeita ofereceu aos assentados o suporte necessário para que a desocupação ocorresse de forma tranquila.
“Sei que é doloroso ver o barraco sendo derrubado, mas pensem na possibilidade de ter uma casa nova”, disse a prefeita às mulheres que assistiam, com lágrimas nos olhos, o desmonte do assentamento. Uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania – SEMDESC está realizando o cadastro das famílias para terem acesso às políticas habitacionais do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *