Nesta semana Rui Costa começa a discutir reforma do secretariado

Compartilhe nas redes sociais:

O governador Rui Costa (PT) deve começar a discutir a reforma do secretariado nesta semana. De acordo com o jornal A Tarde, o chefe do Palácio de Ondina deve reunir o Conselho Político, que é formado pelos presidentes estaduais das legendas de sua base de apoio (PT, PSD, PDT, PCdoB, PSB, PP, PR, Podemos, Avante, Pros, PSL), para conversar sobre as mudanças e expor seus critérios.

O cenário indefinido sobre as eleições não permite cravar quantos secretários vão deixar os cargos para disputar o pleito deste ano. No entanto, oito titulares podem sair para concorrer, principalmente, a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) ou a Câmara dos Deputados.

No caso do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner (PT), ele pode deixar a pasta para ser o candidato do PT ao Palácio do Planalto, já que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ser impedido pela Justiça de concorrer o pleito. O ex-governador da Bahia tem dito, no entanto, que irá competir pelo Senado

O vice-governador João Leão (PP) também tem que entregar o cargo de secretário estadual de Planejamento (Seplan) para concorrer pelo posto de vice ou o Senado. O progressista tem dito que ainda não decidiu, embora prefira ficar no mesmo lugar.

Para brigar pela Assembleia Legislativa, devem deixar as secretarias Vitor Bonfim (Agricultura), Olívia Santana (Trabalho, Emprego, Renda e Esporte) e Jusmari Oliveira (Urbanismo).

Já, para a Câmara dos Deputados, sairão dos cargos Carlos Martins (Justiça) e Josias Gomes (Relações Institucionais), ambos do PT. A grande incógnita é o secretário estadual de Educação e senador licenciado Walter Pinheiro.

Sem partido desde que deixou o PT, há especulação de que ele pode concorrer a deputado federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *