Setrel participa de aula inaugural do Viva Vôlei em unidade da rede municipal de ensino

Compartilhe nas redes sociais:

Na manhã desta quarta-feira (14), a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF), através da Secretaria de Trabalho, Esporte e Lazer (Setrel), participou da aula de abertura do projeto Viva Vôlei 2018, promovido pela Confederação Brasileira de Vôlei, na Escola Municipal Gregório Pinto de Almeida, na Vila Praiana.

“É uma grande honra para a nossa secretaria estarmos no Gregório hoje por conhecermos de perto o trabalho desenvolvido pela diretoria, que entende a importância dessa parceria entre o esporte e a educação. O esporte é uma das maiores ferramentas de inclusão social e vemos isso no rosto de cada criança aqui hoje, que aprenderá os fundamentos da modalidade, mas que se divertirá e desfrutará de uma interação que só o esporte é capaz, sem competição, sem pressão”, salientou o secretário da Setrel, Uilson de Souza.

O presidente da Federação Baiana de Vôlei, Hércules Pimenta, conhecido como Beré, foi o representante responsável para entrega do kit com materiais esportivos, composto por bolas e redes. A unidade escolar, que atua em tempo integral, já era contemplada com o projeto que atende atualmente 120 crianças e adolescentes entre 7 e 13 anos, mas que em parceria com a Setrel aumentará o número de alunos inscritos na prática da modalidade esportiva.

De acordo com Beré essa iniciativa trata-se de uma das muitas parcerias que estão sendo planejadas entre a entidade e a pasta municipal, por compreender a importância da introdução da prática esportiva para oferecer às crianças e adolescentes alternativas de diversão e lazer, afastando-os do estado de vulnerabilidade social, através do esporte.

“Essa parceria entre as secretarias de esporte e educação é fundamental, não só para o Gregório, mas que possamos expandir para todas as escolas que tenham disponibilidade. Precisamos começar com a prática esportiva cedo, porque esses jovens gostam de tudo, só não estão tendo a oportunidade. Nós estamos trazendo essa oportunidade, para que através do esporte, os nossos jovens possam sair desse mundo frágil. O esporte salva. Brincamos que somos uma fábrica de campeões, pois os meninos muitas vezes não têm um sapato, mas tem vontade”, destacou a diretoria da escola, Socorro Costa.

Fotos: Anderson Dantas / Setrel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *