6° Encontro de Prefeitos da Bahia na UPB

Compartilhe nas redes sociais:

Com o tema “Municípios Inteligentes”, a União dos Municípios da Bahia (UPB) abriu nesta sexta-feira (16) a sexta edição do Encontro de Prefeitos. O evento este ano vem com um novo formato, a começar pela escolha do local para sediar o encontro: o Senai – Cimatec, em Salvador. O evento, que segue até este sábado (17) reúne ministros, o governador Rui Costa, parlamentares baianos e prefeitos de mais de 320 municípios do estado.
O presidente da UPB e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, classifica o encontro como “a oportunidade de repensar as administrações públicas com planejamento e o uso de novas tecnologias”. O gestor argumenta que cinco áreas prioritárias podem ser transformadas com soluções inteligentes: meio ambiente, mobilidade, interação cidadão-governo, bem estar e economia criativa. “Não dá para fazer administração mais com o olhar de 20 anos atrás. A ONU já contabiliza que até 2030, 70% da população vai morar nas cidades, então, ou a gente planeja isso agora ou vai sofrer com o caos no futuro”, reforça.

Na programação, temas polêmicos como o pedido para que o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM/BA) retire os programas federais do cálculo do índice de gasto com pessoal e a negociação das prefeituras com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Secretaria da Fazenda do Estado para o recolhimento do Imposto Sobre Serviço (ISS) ser destinado ao município de origem do consumidor.

Promete ser um ponto alto do encontro o lançamento da etapa Bahia do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. Nos dois dias de evento, os participantes podem ainda ter acesso ao atendimento estratégico de quatro ministérios, nove secretarias e diversos órgãos do estado, que oferecem informações sobre os programas e ações de governo disponíveis para os municípios.

Estão entre os parceiros e patrocinadores do evento: o Governo do Estado da Bahia, Sebrae, Bradesco, Conishi, E&L Sistema, Use Telecom, Grupo Dias, IEL/FIEB, Safety Service, Balões.com, Pi Contabilidade, Nutricash e o apoio da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Desenbahia, EGBA, Embasa, Unicef, Agersa e Bahiagás.

Municípios Inteligentes

Mais que um conceito, o uso de soluções inteligentes na gestão pública se mostra um catalisador do desenvolvimento econômico e da melhoria da qualidade de vida da população. Sistemas que mudam a forma de consumir a energia, materiais, serviços e financiamento já são realidades em inúmeras cidades do globo e prometem tornar os centros urbanos mais eficientes e melhores de se viver. Com esse olhar que a UPB espera incentivar os prefeitos a buscar inovar na administração dos municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *