Mulheres empoderadas destacam ações contra a violência em sessão especial na Câmara

A voz da prefeita Moema Gramacho ecoou forte no plenário Lafayete Coutinho da Câmara de Vereadores de Lauro de Freitas durante a Sessão Especial em homenagem ao mês das mulheres. Em tom empoderado e encorajador, característicos das mulheres que lutam e acreditam num país menos discriminatório e machista, a gestora apontou os números da violência contra o gênero, desigualdades e das conquistas de suas gestões neste sentido.
Para um auditório lotado de homens e mulheres, Moema pontuou os tipos de violência praticados contra a mulher e trouxe dados alarmantes sobre a incidências dos casos somente no ano de 2017. De acordo com a gestora, no ano passado doze mulheres foram mortas por dia no Brasil. “Essa barbárie precisa acabar e o pior é que a maioria dos crimes ou agressões são cometidos pelos companheiros. Hoje nós temos a lei do feminicídio, que ajudei a aprovar na Câmara Federal durante o governo Dilma. A medida é aliada a Lei Maria da Penha como forma de punir e combater os crimes “, disse.
Em Lauro de Freitas, início da gestão de Moema em 2005 foi implantada na cidade a primeira Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres do Brasil, ainda no mesmo ano a cidade recebeu o Centro de Referência Lélia González que atende mulheres vítimas de violência doméstica com orientações jurídicas e atendimentos psicológicos. “Este ano estamos em vias de implantar a Ronda Maria da Penha que é uma ação especial para estes casos e também a Delegacia Especializada em Atendimentos à Mulher (Deam), que deverá funcionar na Itinga”, informou.
Iniciativa das quatro vereadoras do parlamento – Mirian Martinez, Luciana Tavares, Débora Regis e Naide Brito – a solenidade contou com a presença de autoridades policiais, representantes do governo do estado e municipal e da sociedade civil. Ao lado da secretária estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana, e das secretárias municipais de Políticas para Mulheres, Bárbara Chaves, e de Desenvolvimento Social e Cidadania, Huldaci Santana, da deputada Maria Del Carmen e da juíza Antônia Faleiros, a presidente da Câmara, Naide Brito homenageou a memória da vereadora Dona Augusta, falecida no início deste ano, e dedicou a ação à vereadora carioca Marielle Franco, executada este mês no Rio de Janeiro.
“Também dedico a Mariza Letícia, porque nós sabemos que ela sofreu uma violência psicológica muito grande com a incriminação de Lula sem provas, o que a levou à morte”, lembrou.

Jornalista: Giovanna Reyner
Fotos Rafael Magno

Assessoria de Comunicação
PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *