CHOCOLATE; Com gol antológico de Ronaldo, Real Madrid bate Juventus veja:

Compartilhe nas redes sociais:

Porque é impossível escrever sobre a vitória do Real Madrid sobre a Juventus, por 3×0, na tarde desta terça (3), pelas quartas de final da Liga dos Campeões, sem reverenciar a obra prima construída por Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro. Aos 18 minutos do segundo tempo, Carvajal cruzou de dentro da grande área e CR7 voou para emendar uma bicicleta perfeita.

Naquele momento, o time espanhol já vencia por 1×0, gol do próprio português, logo aos 3 minutos de jogo. Ele aproveitou cruzamento da esquerda, se antecipou à zaga e ao companheiro Benzema e bateu de primeira para vencer Buffon. A Juve tentou empatar aos 22. Higuaín desviou falta cobrada por Dybala, mas Keylor Navas operou um milagre. A partida era lá e cá, com chances das duas equipes. Aos 35, foi a vez do Madrid chegar perto de marcar, mas o chute de Kroos parou na trave.

No segundo tempo, CR7 teve a chance do segundo gol logo no início, mas a bola saiu. A Velha Senhora respondeu na falta cobrada por Dybala, que desviou no português e quase engana Navas. Aos 18, veio o lance mágico. Inclusive, após o gol, a torcida da Juventus aplaudiu de pé Ronaldo, que agradeceu o gesto.

Atordoado, o time italiano perdeu Dybala, que foi expulso após receber o segundo amarelo. Sete minutos depois do golaço, Marcelo tabelou com CR7 e tocou por cima de Buffon. O goleiro conseguiu desviar, mas o mesmo Marcelo completou para o gol vazio: 3×0. Foi a senha para a torcida da casa começar a deixar o Juventus Stadium antes mesmo do fim do jogo. Ainda deu tempo para Ronaldo perder um gol livre. O jogo de volta acontece na quarta (11), em Madrid, e o time branco pode perder por até dois gols que ficará com a vaga nas semifinais.

Espanha
Em Sevilla, o time da casa e o Bayern de Munique fizeram um jogo bastante equilibrado. Aos 31 do 1º tempo, Pablo Sarabia recebeu cruzamento e abriu o placar para o Sevilla. O empate alemão veio ainda na etapa inicial. Aos 37, Ribéry cruzou e a bola desviou em Jesús Navas, traindo o goleiro Soria. Gol contra. No segundo tempo, o Bayern chegou à virada com Thiago Alcântara, de peixinho. Com o 2×1, o Bayern jogará em casa no dia 11 precisando apenas de um empate ou até uma derrota por 1×0, por conta do gol marcado na Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *