Mototaxistas defendem, em encontro estadual, fiscalização e integração com outros tipos de transporte

Compartilhe nas redes sociais:

O Encontro Estadual de Mototaxistas, ocorrido hoje (13), no Auditório Jorge Calmon, na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, definiu uma série de encaminhamentos da categoria para os poderes públicos. A integração com os outros tipos de transporte é uma das reivindicações da categoria, assim como a fiscalização dos calndestinos.

De acordo com um dos organizadores do evento, o secretário de Planejamento, Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Lauro de Freitas, Mauro Cardim, “será discutida com a CCR a integração do metrô. Pois é necessário instalar pontos de mototaxi nas estações de metrô”, afirmou. Ele também frisou que as principais prefeituras do estado precisam instalar pontos de mototáxi nas cidades; fazer valer a regulamentação e fiscalizar os clandestinos”. Outra pauta da categoria, segundo ele, é a isenção de impostos, como o IPI e ICMS. “Hoje é um dia importante na luta pela valorização do mototaxista”, frisou.

De acordo com o vice-líder do Governo no Estado da Bahia, Angelo Almeida (PSB), “os mototaxistas contribuem para a segurança no trânsito e para a mobilidade urbana. Quando um mototaxista devidamente regularizado faz o transporte de uma pessoa, isso reduz bastante a possibilidade de acidentes”.

Segundo o presidente da Fenamotos e Aspromots, Osvaldan Tupyassu, “muita coisa vai mudar a partir de agora para a categoria”. De acordo com ele, “a nossa luta também é para a regulamentação nacional, de 2009, virar uma realidade nos municípios”.

Os mototaxistas pleiteiam também, dentre outras reivindicações, a diminuição da quantidade de vistorias feitas durante o ano pelo Detran e financiamento do Dseenbahia e outras instituições de crédito para a aquisição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e para outras demandas.

Também participou do evento o líder do Governo na Assembleia, Zé Neto (PT).

O encontro é uma realização da Federação Nacional dos Mototaxistas (FENAMOTOS), Associação dos Profissionais Mototaxistas de Salvador (ASPROMOTS), Sindicato dos Trabalhadores Mototaxistas da Bahia (SINTRAMOTOS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *