Naide apresenta PL que declara Bankoma Patrimônio Cultural Imaterial de Lauro de Freitas

Compartilhe nas redes sociais:

Durante Sessão Ordinária desta terça-feira (14), a vereadora Naide Brito, apresentou o Projeto de Lei de N° 41/2018 que declara Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Lauro de Freitas, o “Bloco Afro Bankoma”. O bloco surgiu a partir das oficinas de arte-educação desenvolvidas no Terreiro São Jorge Filho da Goméia, em Portão e são voltadas para os jovens e a comunidade local.

Para Naide, o Bankoma é um bloco que leva para o Carnaval de Salvador e todo o mundo um pouco da cultura, arte e alegria do povo de Lauro de Freitas. “Eles também oferecem cursos profissionalizantes e através da arte e da música dão oportunidade para os jovens terem uma atividade”, lembra a vereadora.

O bloco surgiu em 2000 como uma forma de apresentar para a população o que era produzido dentro do terreiro, nas oficinas de tecelagem, de confecção de instrumentos musicais, de dança afro, capoeira e percepção musical.

O primeiro desfile do bloco ocorreu na Lavagem de Portão, depois tomando uma proporção maior, começou em 2008 as apresentações no Carnaval de Salvador. Encerrando os festejos carnavalescos em Lauro de Freitas com o tradicional “Arrastão do Bankoma” pelas ruas de Portão, na quarta-feira de cinzas.
——
ASCOM – Mandato da Vereadora Naide Brito (PT – LF)
Jornalista e Fotógrafo: Danilo Magalhães – Drt.Ba 4.031
(71) 98841-5300

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *