Mutirões reforçam limpeza nos conjuntos do Minha Casa Minha Vida

Compartilhe nas redes sociais:

Equipes da Secretaria de Serviços Públicos de Lauro de Freitas (SESP) intensificaram a limpeza nos conjuntos habitacionais do município, nesta segunda quinzena do mês de dezembro. A ação que agrega serviços de roçagem, pintura e varrição está concentrada, neste período, nas comunidades dos Residenciais Brisas, D. Lindú, Capiarara, Capelão e Quinta da Glória.
Embora o serviço seja executado constantemente nestas localidades e em todos os bairros do município, a Prefeitura antecipou a programação de limpeza e reforçou as equipes para garantir que seja concluída antes do Natal, possibilitando que os moradores realizem as festas de final de ano num ambiente agradável, explicou o secretário da SESP, Renato Braz.
“O importante é que a população perceba que o poder público entende as necessidades da comunidade e se coloca à disposição mesmo que pra isso seja necessário reforçar nossas equipes e intensificar as atividades que já são realizadas cotidianamente”, destacou.
Moradora do Residencial Brisas do Picuaia, Vilma Araújo classificou como positiva a ação. “Nessa época em que caprichamos na faxina e deixamos a casa brilhando para as festas é bom que nossas ruas estejam no mesmo ritmo. Passo o dia todo fora de casa, hoje saí mais tarde e pude ver a equipe trabalhando a todo vapor”.
O morador do Conjunto Habitacional D. Lindu, Celso Machado revelou que embora a limpeza seja constante na localidade, dessa vez o serviço está diferenciado. “O mato nem bem cresceu e eles cortam logo. A rua está sempre limpa e o caminhão de lixo realiza a coleta direitinho, mas hoje deu pra perceber que a equipe está maior e o serviço mais rápido”.
Limpeza dentro e fora dos prédios. Animados com o vai e vem das equipes da Prefeitura, moradores dos conjuntos também fizeram o bota fora de objetos inservíveis. Esse é o espírito da ação, destaca o secretário Renato Braz, que aproveita para fazer um apelo à população: “Nossas equipes se esforçam, mas é preciso que as comunidades também colaborem”. Os agentes perdem muito tempo coletando sacos plásticos e garrafas pets descartados nas áreas verdes e parques, que poderiam ser colocados nas lixeiras.

Jornalista Mariana Cedrim
Fotos Rafael Magno e Edgard Copque
18/12/2018
71 3288 8371
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *