TCM acata pedido de Reconsideração e exclui ressarcimento de R$212 mil imposto à prefeita Moema Gramacho

Compartilhe nas redes sociais:

Em decisão publicada nesta quinta-feira (28), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) reconhece que se equivocou ao imputar à prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, o ressarcimento de R$212.945,30. As notas que comprovam o pagamento – e já constavam da prestação de contas – foram consideradas pelo relator na decisão que anula a condenação.

Confira

http://www.tcm.ba.gov.br/tcm-exclui-ressarcimento-imputado-a-prefeita-de-lauro-de-freitas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *