Passe Livre Intermunicipal beneficia 43 mil pessoas com deficiência na Bahia

Compartilhe nas redes sociais:

Os beneficiários do Passe Livre Intermunicipal se reuniram em evento promovido pela Superintendência do Direito da Pessoa com Deficiência (Sudef) na tarde desta quinta-feira (5), no Centro de Educação Especial da Bahia (Ceeba), em Salvador, para esclarecer dúvidas e discutir possíveis melhorias no benefício. Na Bahia, 43 mil pessoas utilizam o passe livre intermunicipal. Deste total, 16 mil beneficiários vivem na capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Segundo o superintendente da Sudef, Alexandre Baroni, o encontro é uma forma de ouvir as necessidades dos usuários. Além disso, a ação integra o Setembro Verde, campanha que marca a luta das pessoas com deficiência. “A ideia é dialogar com esse usuário e seus familiares para entender as demandas dessa população. Nesses momentos, para aqueles que não conhecem, também divulgamos como garantir o direito ao passe livre intermunicipal, já que o benefício é uma ferramenta de inclusão das pessoas na sociedade”, explicou.

Vinculada à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), a Sudef é responsável pela concessão do benefício no estado. Para solicitar o passe livre, além da comprovação da deficiência, é necessário que o beneficiário tenha renda de até um salário mínimo por membro da família. O benefício cumpre a lei nº 12.575/2012, que assegura a gratuidade no transporte coletivo intermunicipal, nos modais rodoviário, ferroviário, aquaviário e metroviário em todo o território baiano.

O encontro desta quinta-feira (5) reuniu beneficiários atendidos por instituições e centros de apoio a pessoas com deficiência em Salvador. Entre os participantes, estava a pensionista Marta Lima e o filho Paulo, que consideram o passe livre imprescindível. “Nós utilizamos o passe livre todos os dias. Tem dias que não tenho um centavo no bolso, mas tenho o passe para me deslocar. Usamos para ir ao médico e para o acompanhamento no Ceeba. É uma despesa a menos para a gente que ganha pouco”, afirmou Marta.

Mais informações sobre o Passe Livre Intermunicipal estão disponíveis no site da SJDHDS (www.justicasocial.ba.gov.br).

*_Repórter: Jairo Gonçalves_*
*_Fotos: Fernando Vivas/GOVBA_*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *