Prefeitura de Lauro de Freitas esclarece sobre moradora de Salvador que veio da Itália e estava internada para investigação no Hospital Aeroporto

Compartilhe nas redes sociais:

A Secretaria Municipal de Saúde (SESA) foi informada por técnicos da Secretaria Estadual de Saúde (SESAB) de que uma pessoa, residente em Salvador, foi internada no Hospital Aeroporto, unidade particular situado no município de Lauro de Freitas, com sintomas de gripe. A paciente precisou ficar em investigação por ter vindo recentemente da Itália, país europeu onde já foram registrados casos de Coronavírus (Covid 19).
Esse é o único caso em investigação em um Hospital no município. A paciente realizou exames e já retornou para Salvador onde vai aguardar em quarentena domiciliar a finalização dos resultados.
O diagnóstico do Coronavírus é feito com a coleta de materiais das vias aéreas ou indução de escarro. Na investigação de Coronavírus é necessária a coleta de duas amostras, que são encaminhadas para análise no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA).
A Bahia não tem caso confirmado de coronavírus. Em todo o país foram confirmados apenas dois casos da doença, ambos do estado de São Paulo e com histórico de viagem recente à Itália.
A Prefeitura de Lauro de Freitas destaca que está adotando todas as medidas necessárias, de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS), para prevenir, atender e ajudar no diagnóstico de casos suspeitos que venham a surgir no município.
A partir desta segunda-feira (02/03), agentes comunitários de saúde e de endemias vão intensificar as visitas aos moradores para orientar sobre medidas de prevenção e sintomas da doença, que se assemelha a uma gripe – tosse, dores de cabeça, garganta e musculares, febre e dificuldade de respirar.
A contaminação do coronavírus ocorre pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas.
Entre as medidas para reduzir o risco de contrair ou transmitir a doença estão:
– Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool, ou álcool gel:
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Ficar em casa quando estiver doente, mas mantendo os cuidados para evitar contaminação dos demais membros da casa, com máscaras e outras formas de proteção e higienização. Se os sintomas se agravarem ou persistirem procurar uma unidade médica;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Vejam outras recomendações no site da PMLF www.laurodefreitas.ba.gov.br

ASCOM PMLF
02/03/2020
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *