Vacinação contra H1N1 começa no dia 23 para idosos e profissionais da saúde

Compartilhe nas redes sociais:

A campanha nacional de vacinação contra a gripe (influenza) será antecipada neste ano por causa da pandemia do coronavírus. A imunização, que costuma ser feita em abril, vai começar nesta segunda-feira (23) em Lauro de Freitas e demais cidades do país, e termina no dia 22 de maio. Primeiro serão vacinados os idosos e trabalhadores de saúde, que atuam na linha de frente do atendimento à população.
O secretário de Saúde do município (Sesa), Vidigal Cafezeiro, explica que a imunização protege contra três tipos de vírus da gripe – A (H1N1 e H3N2) e Influenza B – e neste ano a vacinação será realizada com estratégia especial. “Montaremos um esquema para esta campanha a fim de evitar aglomerações dentro das salas de vacinação. A estratégia de imunizar o público alvo neste momento, facilitará a definição do diagnóstico de pacientes com suspeita de estarem infectados pelo coronavírus, já que estarão protegidos contra o vírus influenza. Se apresentarem sintomas como febre, coriza e dores no corpo a gripe será descartada alertando para a suspeição do Covid-19”, afirma.
Em Lauro de Freitas é estimado que 9.500 idosos devam procurar uma das escolas municipais que servirão de apoio para a realização da campanha e ficarão abertas das 8h até 15h30. “A meta é vacinar pelo menos 90% desse publico”, calcula a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesa, Regina Coeli. Ela reforça que “a vacina contra a gripe não imuniza a população contra o coronavírus, mas é uma estratégia para ajudar no diagnóstico do Covid-19, porque os sintomas das duas doenças são parecidos”, frisou.
A priorização dos idosos nessa primeira etapa é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem as influenzas na triagem e acelerarem o diagnóstico para a Covid 19. Estudos e dados apontam que casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos.
A partir de 9 de maio, Dia D de vacinação, serão imunizadas as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas com mais de 55 anos, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias após o parto), população indígena e portadores de condições especiais. A campanha seguirá até o dia 23 de maio.
Transmissão
A gripe é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório e é transmitida pelas secreções respiratórias, a partir de tosse ou espirros, e pode sobreviver algumas horas em diversas superfícies.
Sintomas
Os sintomas são febre alta, calafrios, tosse (que pode ser seca ou com expectoração), dor de cabeça, dor de garganta, cansaço, dor muscular e coriza.
Prevenção
Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel, principalmente depois de tossir ou espirrar, depois de usar o banheiro, antes das refeições, e antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz;
Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimão, bancos, maçanetas etc);
Evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas;
Manter os ambientes ventilados e arejados;
Limpar com álcool superfícies e objetos que entram em contato frequente com as mãos, como mesas, teclados, maçanetas e corrimãos;
Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e demais objetos de uso pessoal;
Manter hábitos de alimentação saudáveis, com ingestão de líquidos e realização de atividades físicas.

*LOCAIS DE VACINAÇÃO*
ITINGA
Colégio Dois de Julho
Colégio Ismael Ornelas
Escola Jacira Mendes
Escola Vovó Cica
Escola Cidade Nova
Escola Senhora Valentina
PORTÃO
Escola Kleber Pacheco
Escola Vila Nova
AREIA BRANCA
Escola Esfinge
Escola Capitulino
Escola Tenente Gustavo
CAJI
Escola Vida Nova
Escola Rotary Quingoma
CENTRO
Escola Ana Lúcia Magalhães
Escola Enock Amaral

ASCOM PMLF/SESA
20/03/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *