Prefeitura recebe documento dos comerciantes do centro e amplia diálogo para enfrentar pandemia

Compartilhe nas redes sociais:

Recebido no novo Centro Administrativo de Lauro de Freitas (CALF), nesta quarta-feira (15), um grupo de comerciantes entregou à Secretaria Municipal de Governo (SEGOV), documento em que solicita a flexibilização dos decretos baixados pela Prefeitura para o enfrentamento da pandemia de coronavirus.
Na reunião os representantes do comércio da região central da cidade foram informados de que a Prefeitura vem mantendo diálogo com as entidades do segmento – CDL, ACELF e ACISLF – desde o início da pandemia no país. Os comerciantes, no entanto, optaram por criar uma Comissão para atuar em nome dessa parte do comércio. Uma nova reunião ficou agendada para a sexta-feira (17).
Até o momento a Prefeitura de Lauro de Freitas editou 16 decretos que suspendem atividades do comércio em geral, escolas, academias e outras, com exceção das atividades essenciais que podem funcionar seguindo determinadas regras – farmácias, padarias, clínicas humana e animal, mercados, lojas pet e outras, declaram emergência e calamidade no município e homologam o Plano de Contingência na área de saúde.
O último decreto, publicado nesta terça-feira (14), além de prorrogar os prazos de suspensão das atividades até o dia 30, torna obrigatório o fornecimento de máscaras faciais por funcionários de estabelecimentos públicos, industriais, comerciais e bancários, no âmbito do Município, em funcionamento, além da disponibilização de locais para higienização das mãos com água corrente e sabonete líquido ou disponibilizar pontos com álcool gel a 70% para funcionários e clientes.

ASCOM PMLF
15/04/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *