Em entrevista a Haddad, Rui fala sobre enfrentamento ao coronavírus e diz sentir falta de um líder nacional: “Não tem sido fácil”

Compartilhe nas redes sociais:

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), relatou a dificuldade em desenvolver ações de combate à pandemia do coronavírus diante das divergências de orientações dadas pelos governos estaduais e pelo governo federal.

“Não tem sido fácil, por conta desse cenário nacional, onde falta um líder para conduzir o país e enfrentar as dificuldades”, desabafou o governador, em entrevista ao professor Fernando Haddad, nesta segunda-feira (4), através das redes sociais.

Segundo Rui, apesar da falta de diálogo com o governo federal, a Bahia tem se saído bem em comparação a outros estados.

“A Bahia tem a quarta população do Brasil, com 15 milhões de habitantes. Em termos de arrecadação per capita, ficamos em 20º lugar. Precisamos apertar o cinto para fazer as coisas acontecerem e estamos fazendo. A Bahia tem se colocado em uma posição de baixa taxa de contaminação, no 18º lugar, comparado a outros estados”, ressaltou o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *