Transporte coletivo poderá cumprir roteiro para desembarque de passageiros mesmo durante horário que restringe circulação

Compartilhe nas redes sociais:

Veículos do transporte público oriundos de outros municípios, que finalizem os seus roteiros em Lauro de Freitas depois das 20h podem continuar operando, mesmo no horário de restrição de circulação de pessoas e veículos. No entanto, uma vez no município, está vedado o embarque de novos passageiros a partir deste horário.
A medida permite que moradores de Lauro de Freitas que trabalham em outros municípios, a exemplo de Salvador, tenham condições de chegar às suas residências. O transporte público no município permanece circulando até às 20h, no entanto, os roteiros que não tenham sido finalizados até este horário, poderão ser concluídos, apenas para o desembarque de passageiros.
O secretário municipal de Trânsito, Transporte, e Ordem Pública, Smith Neto, deu detalhes sobre o assunto. “Os passageiros de linhas que chegam a Lauro depois das 20h, como Lapa-Lauro de Freitas, e Campo Grande-Lauro de Freitas, que saem de Salvador, vão fazer o roteiro normalmente, só não está autorizado o embarque de novos passageiros quando os ônibus já estiverem circulando em nosso município”.

Circulação reduzida
De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), o decreto que começou a vigorar na última sexta-feira (15), que restringe a circulação de pessoas e automóveis no município entre as 20h e 5h do dia seguinte, já apresenta resultados positivos.
Neste domingo, as equipes da operação de segurança que fiscaliza o cumprimento do decreto, identificaram uma redução de 85% da circulação de motoristas e pedestres no município, quando comparados com os números dos dois primeiros dias da operação.
Até este domingo (17), as equipes já haviam realizado 1.362 abordagens orientativas e de conscientização. A partir desta segunda-feira (18), quem for flagrado descumprindo o decreto, está sujeito ao pagamento de multas, e pode ser autuado por crimes contra a saúde pública, e de desobediência, previstos do código penal brasileiro.

Jornalista Rodrigo Castro
ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas
18/05/2020
71 3288 8371
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *