Prefeitura abriu sindicância para apurar causas do incêndio em almoxarifado da Educação

Compartilhe nas redes sociais:

A Prefeitura de Lauro de Freitas abriu sindicância para apurar as causas do incêndio que destruiu parte do almoxarifado da Secretaria Municipal de Educação, e fazer o levantamento do material que foi consumido pelo fogo. O incêndio, na noite desta quarta-feira (10), começou em uma indústria de cosméticos que ocupava um dos 13 galpões do Condomínio Multicenter, em Buraquinho, e se alastrou para o imóvel vizinho onde funcionava o almoxarifado.
No local estavam guardados mobiliário escolar, fardamento, livros e outros materiais que seriam distribuídos às escolas do município após a pandemia. O incêndio, de causas ainda desconhecidas, foi controlado por equipes do Corpo de Bombeiros de Lauro de Freitas e cidades vizinhas. Dez viaturas e 68 bombeiros estiveram envolvidos na ação.
Assim que soube do incêndio a prefeita Moema esteve no local, na noite de ontem, e orientou as providências legais e medidas para preservar o material que não foi queimado.
O almoxarifado da SEMED ocupa dois galpões do condomínio. De acordo com técnicos da secretaria, praticamente tudo que estava estocado no primeiro galpão foi consumido pelo fogo antes da chegada dos bombeiros. Nesta quinta-feira foi feita perícia técnica e avaliação da estrutura pela Defesa Civil do município. A Prefeitura vai acompanhar a apuração das causas do incêndio.

ASCOM PMLF
11/06/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *