Deputado Joseildo Ramos é contra PL que privativa os serviços de saneamento no Brasil

Compartilhe nas redes sociais:

Com mais de 52 mil vítimas do #NovoCoronavírus em nosso país, todo o Congresso deveria estar focado em votar matérias que ajudassem o povo brasileiro a passar por essa fase tão difícil. Não é o que está acontecendo. Hoje, no Senado, deve ser votado o PL 4162/19, que privatiza os serviços de #saneamento no Brasil em plena maior crise sanitária da nossa história recente. Mais uma “boiada” que o lado conservador e neoliberal do parlamento quer passar enquanto os olhos do povo estão voltados para a batalha contra uma terrível doença.

Nada pode ser mais contraditório do que instruir nossa população a lavar as mãos e manter máscaras higienizadas na prevenção contra a COVID-19 quando, em retorno, ameaçamos um potencial aumento de tarifa e precarização do serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

Não podemos permitir que, em um momento de tamanho arrocho na economia, com o rebaixamento da renda do brasileiro, o Senado emplaque um projeto que monopoliza serviço de saneamento para o setor privado, agravando principalmente a situação das populações mais pobres, pequenos municípios e comunidades rurais que, em geral, já enfrentam mais dificuldade de acesso aos serviços de saúde.

Em tempos normais, essa medida, que põe o lucro sobre o direito do povo, já é imoral, enganosa e ineficiente. Em época de pandemia, aprovar uma medida como essa é sujar as mãos colocando mais uma pá de terra sobre a vida do povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *