Governador vistoria mais uma etapa concluída das obras de macrodrenagem do Rio Ipitanga em Lauro de Freitas

Compartilhe nas redes sociais:

O terceiro reservatório de amortecimento, parte das obras de macrodrenagem dos Rios Ipitanga e Joanes, foi entregue de maneira simbólica pelo governador da Bahia, Rui Costa, e a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, nesta quarta-feira (24). O Parque Alameda dos Ingazeiros, localizado atrás do Restaurante Popular, possui áreas destinadas ao lazer e à prática de esportes. No momento o acesso de populares está vetado por conta da pandemia. O maior benefício do parque reservatório é a sua capacidade de captação de água que vai diminuir transtornos causados por alagamentos em época de chuva na área urbana de Lauro de Freitas.
“Essa é uma área toda urbanizada, onde foram destinados cerca de oito milhões, parte de um investimento de macrodrenagem com total de 170 milhões para evitar os constantes alagamentos aqui em Lauro de Freitas. Um local que a comunidade vai usar em maior parte do ano quando não estiver chovendo. Em dias de forte chuva a área mais baixa do parque será alagada para evitar inundações nas ruas e casas. Quando o rio baixar, essa área será higienizada para ser utilizada como espaço de lazer e convivência. Não será possível usar nesse período por conta do coronavírus, mas depois da pandemia será amplamente utilizado”, explicou Rui.
O Parque Alameda dos Ingazeiros, um dos seis reservatórios de amortecimento faz parte das obras de macrodrenagem dos Rios Ipitanga e Joanes, em execução pelo Governo do Estado, por meio da CONDER. No local foram construídas duas áreas de lazer, uma alagável com 57 mil m² e outra não alagável que terá acesso livre pós pandemia com dois mil metros quadrados. Nos espaços a população poderá, futuramente, desfrutar de um parque infantil, quadra poliesportiva, pista de caminhada e campo de futebol. A área total do reservatório é de 166 mil metros quadrados.
A prefeita agradeceu ao Governo do Estado pela celeridade da obra, que já está beneficiando todo o município. “Temos uma parceria muito importante com o Estado. Foi o metrô que já veio para aqui, a estação de transbordo, o Hospital Metropolitano que já vai ser entregue em breve, a Academia de Saúde e o Centro de Acolhimento para Jovens, as obras da Quingoma, além da parceria com o Menandro de Faria, que ajuda no combate ao coronavírus. A macrodrenagem não é apenas esse parque reservatório, ela consiste em três piscinões com praças e outros três exclusivamente para captação de água, além do alargamento de trechos dos rios”, frisou.
O Alameda dos Ingazeiros, com capacidade de captação de 640 mil metros cúbicos de água, é o terceiro reservatório de amortecimento concluído. O primeiro entregue pelo governador da Bahia, em fevereiro deste ano, foi o reservatório Parque Rosa dos Ventos, localizado em frente ao Aeroporto. Outro piscinão está construído dentro da Base Área. Nas últimas fortes chuvas que atingiram o município no mês de abril, os reservatórios chegaram a acumular cerca de um milhão de metros cúbicos de águas pluviais. As obras de macrodrenagem vão beneficiar aproximadamente 200 mil pessoas que vivem em Lauro de Freitas e na capital.
Macrodrenagem
As obras de macrodrenagem nos rios Ipitanga e Joanes e afluentes, que tem origem em um estudo de bacias desenvolvido pela Prefeitura de Lauro de Freitas, são as maiores intervenções de águas pluviais em execução no município que vão reduzir os problemas de alagamento da cidade. A macrodrenagem contempla quase 14 quilômetros de extensão, no trecho entre a barragem de Ipitanga I e o encontro dos rios Ipitanga e Joanes, e consiste na construção de seis reservatórios de amortecimento ao longo do rio e seus afluentes, desassoreamento e alargamento da calha em cinco quilômetros do rio para aumento da vazão e o escoamento das águas de chuva.

Jornalista Laerte Santana
Foto Lucas Lins
ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas
24/06/2020
71 3288 8371
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *