Pacientes de Lauro de Freitas cadastrados no Programa de Glaucoma recebem colírio para três meses de uso

Compartilhe nas redes sociais:

A Secretaria Municipal de Saúde entregou, na manhã desta quarta-feira (24), para 79 pacientes de Lauro de Freitas já cadastrados no Programa de Glaucoma, os colírios que fazem parte do tratamento de uso contínuo para controle da doença. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os medicamentos foram dispensados para suprir a necessidade dos assistidos durante três meses.
De acordo com o coordenador da Central Municipal de Regulação, Alan Reis, Lauro de Freitas possui três clínicas conveniadas ao SUS que realizam o acompanhamento desses pacientes com consultas e exames para o diagnóstico, como a tomografia de coerência óptica (OCT). O município conta também com atendimento oftalmológico realizado no Hospital Municipal Jorge Novis para diagnóstico de glaucoma, catarata e retinopatia.
Ele alerta para os cuidados com a doença que é uma das principais causas de cegueira irreversível. “O medicamento é gratuito e exclusivo para pacientes cadastrados no programa. Em quase todos os casos, a doença é controlada com medicação local e contínua, cirurgia ou uma combinação destes métodos”, frisou.
O glaucoma não tem cura, mas pode ser controlado se constatado e tratado em seu estágio inicial. O diagnóstico médico frequentemente requer exames laboratoriais ou de imagem. “Embora estes tratamentos possam prevenir a perda irreversível da visão, eles não revertem os danos já causados pelo glaucoma. Por isso, o diagnóstico e o tratamento devem ocorrer o quanto antes”, alerta Alan.

Jornalista Giovanna Reyner
Foto Lucas Lins
ASCOM/PMLF
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *