Covid 19: Força Tarefa de fiscalização realiza mais de 800 abordagens e interdita estabelecimento em Lauro de Freitas

Compartilhe nas redes sociais:

A Força Tarefa de Fiscalização da Operação de Restrição a Circulação, que desde o dia 10 passou a ter caráter punitivo como forma de reforçar o combate à proliferação da Covid 19, realizou mais de 800 abordagens, entre carros, pontos comerciais e pessoas até esta segunda-feira (14). A operação resultou na interdição de um estabelecimento no bairro de Pitangueiras pelo descumprimento do Decreto Municipal nº 4.705, de 04 de dezembro de 2020.
Entre outras providências, o decreto proíbe a realização de eventos que causem aglomeração, a utilização de equipamentos do tipo Paredão, bem como a comercialização de quaisquer bebidas alcoólicas dentro do município, entre 0h01min e 5h da manhã. O estabelecimento foi interditado na sexta-feira (11) mas desobedeceu a medida e reabriu no sábado (12).
Ao receber a denúncia, o CIMU – Centro Integrado de Mobilidade Urbana encaminhou a equipe de fiscalização ao local e fez a interdição novamente. Para reabrir o ponto comercial, o proprietário terá que pagar uma multa e deverá procurar a SEDUR – Secretaria de Planejamento Desenvolvimento Urbano Sustentável e Ordenamento do Uso do Solo para regularizar a situação.
Além da Força Tarefa da Operação de Restrição a Circulação Noturna, que atua de maneira intensiva nos finais de semana, diariamente a fiscalização acontece para garantir o cumprimento dos protocolos de segurança e prevenção à COVID-19.
Para o secretário de Trânsito, Transporte e Ordem Pública, Smith Neto, que também comanda a força tarefa, o papel da fiscalização é acima de tudo de preservação da vida. “A fiscalização é necessária, mas não adianta se o munícipe não faz sua parte. É preciso que haja preocupação e cuidado consigo e com o outro. Nossa intenção não é punir e sim orientar, provocar uma reflexão do quanto esse cuidado com a prevenção é importante”.

Praias interditadas
Nesta segunda-feira (14), o Cimu recebeu uma denúncia de som ao vivo em uma barraca de praia no bairro de Buraquinho. A equipe esteve no local, notificou o estabelecimento, que acatou as recomendações, e informou que em caso de reincidência seria interditado. Os fiscais notificaram também pessoas que estavam com som próprio, além de orientar aqueles que estavam na praia.
No domingo também houve uma denúncia de aglomeração na praia de Buraquinho, porém, não foi necessária nenhuma medida drástica. A equipe fiscalizou as barracas e solicitou aos motoristas que desligassem o som dos veículos. No sábado, a fiscalização aconteceu na praia de Vilas do Atlântico, mas não houve nenhuma notificação.
As denúncias de descumprimento dos decretos de combate a Covid-19 podem ser feitas através dos números 156 / 3369-3710 ou pelo WhatsApp 98153-4034. O CIMU está de plantão 24h.

Jornalista Mariana Cedrim
Fotos Rafa Magno / Natan Kiss
ASCOM/PMLF
15/12/2020
Tel.: 3288 8371
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *