Prefeitura recomenda que trabalhadores da educação sigam os protocolos de saúde que determinam suspensão de atividades nas escolas

Compartilhe nas redes sociais:

Preocupada com a alta dos casos de covid-19 na Bahia, a titular da Secretaria Municipal de Educação de Lauro de Freitas (Semed), Vânia Galvão, reitera aos trabalhadores da rede a necessidade de cumprir as normas vigentes no Decreto Municipal nº 4.725/21.

Publicado no Diário Oficial do Município no último dia 18 de janeiro, o decreto declara Estado de Calamidade Pública, em Lauro de Freitas, para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do coronavírus (covid-19).

“Lembro a nossos colaboradores que, enquanto estiver em vigência o decreto municipal, não seja realizado nenhum evento que resulte em aglomeração nas escolas, para preservar a saúde das pessoas e evitar a disseminação da doença”, pontua Galvão.

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico pela Prefeitura de Lauro de Freitas, até o último domingo (14), o município havia registrado 10.376 casos positivos da doença, com 161 óbitos.

Já a respeito do quadro de pessoal, a secretária ressalta que, até o final desta semana, a pasta deverá concluir a formatação de todo o efetivo mínimo das escolas. “Todas as providências necessárias já estão sendo tomadas para isso”, antecipou a gestora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *