Sem categoria

Adolescentes com comorbidade comemoram a 1ª dose em Lauro de Freitas

0

Sorrisos e muitas comemorações marcaram primeira dose da vacinação contra a covid-19 em adolescentes com idade entre 12 a 17 anos, com comorbidades, em Lauro de Freitas. Durante a tarde desta quinta-feira (09), no drive da faculdade Unime, integrantes deste público receberam a proteção que, como descreveu Eneida de Jesus, mãe de Davi Cardoso, 13 anos, é um momento único e de grande realização. “Pedi muito a Deus por isso”, declarou ela enquanto segurava nos braços o filho adolescente com paralisia cerebral.
A mesma alegria era visível nos olhos dos irmãos Catarina, 16 anos, que tem asma, e Miguel Cardoso, 14 anos, que convive com epilepsia. Os dois estavam prontos para a selfie e escolheram o melhor ângulo para foto. “Agora a gente vai ficar mais aliviado”, falou Catarina. Para Maria Paula, 13 anos, a vacina é uma forma de voltar as aulas de maneira mais segura. “Eu estava na expectativa de ir para a escola, mas com medo, agora posso voltar com mais segurança”, falou.
Para ser vacinado, além de conviver com alguma comorbidade, é necessário que o adolescente esteja cadastrado no site da prefeitura de Lauro de Freitas e que os pais ou responsáveis legais estejam com o laudo médico atualizado em mãos e documentos de identificação oficial com foto. “Adolescentes gestantes também podem se vacinar nesta etapa”, informou o médico clínico José Gilvan da Secretária Municipal de Saúde.
Segunda dose
De motinha vermelha e todo sorridente, seu Germano Silva, 56 anos, comemorou a segunda dose que completa o ciclo de proteção contra a covid-19. “Essa vacina é a luz no final do túnel, motivo de quem está vivo comemorar”, declarou. O trabalhador informal criticou as pessoas que passam da data de tomar a segunda dose ou simplesmente não vem. “Quando agimos assim estamos sendo egoístas e não estamos nos preocupando com o outro”, disse.
Nesta quinta-feira (09), os locais de vacinação foram separados de acordo com os públicos imunizados com as vacinas Astrazeneca na Unime, CoronaVac no Terminal Rodoviário de Portão – Associação em Areia Branca, e Pfizer no Ginásio de Esportes do Aracuí e Colégio Dois de Julho na Itinga.

Jornalistas: Giovanna Reyner
Foto: Lucas Lins

09/09/2021

SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas
www.laurodefreitas.ba.gov.br
TEL.: (71) 3288-8371
Mara Campos – Superintendente de Comunicação
Isabela Rocha – Coordenadora de Jornalismo

Mesmo no dia do aniversário, o coordenador da Casa do Trabalhador, Rogério Jardim acompanha reforma do equipamento

Artigo anterior

Antônio Abreu recebe moção de Congratulação da Câmara Municipal

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *