saude

Atenção integral à saúde marca debates nas pré-conferências de Lauro de Freitas

0

 

Implantar no SUS as Práticas Integrativas (PICS), como acupuntura, danças circulares e relaxamento, voltados à prevenção dos problemas psicossociais, foi uma das propostas levantadas durante as pré-conferências realizadas em Lauro de Freitas, nesta sexta e sábado, pelo Conselho Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

A proposta das conferências foi ouvir as demandas das comunidades de Lauro de Freitas, que participaram das atividades em Portão, na sexta-feira, e na Itinga, Antlântico Norte, Ipitanga, Centro, Areia Branca e Caji neste sábado. A iniciativa é uma preparação para a VII Conferência Municipal de Saúde, que será realizada nos dias 27 e 28, na Unime, com o tema “A saúde que queremos no território de Lauro de Freitas”.

Temas como Vigilância, Proteção e Promoção da Saúde; Atenção Integral à Saúde; Saúde com inclusão social; Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, foram debatidos com ampla participação das comunidades. De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Cibele Marques, a ideia principal é discutir abertamente as questões de saúde com a população.

“Essas questões em forma de propostas irão compor o Plano de Saúde Municipal para os próximos quatro anos. Com isso, o papel do Conselho será monitorar e fiscalizar as ações”, explicou.

Ainda segundo Cibele, para melhorar as questões da saúde é necessário que exista uma mudança de baixo para cima, desde a segurança até a qualidade dos serviços e equipamentos. “Não dá para construir uma proposta de saúde numa esfera maior, pois é no micro território que se discutem as soluções”.

A presidente do Conselho destaca a importância de implantar de forma efetiva as práticas integrativas no SUS como um grande passo na promoção e recuperação da saúde. A Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS já foi aprovada pelo Ministério da Saúde mas precisa ser efetivada e, principalmente, implementada nos municípios.

A PNPIC contempla as áreas de homeopatia, plantas medicinais e fitoterapia, medicina tradicional chinesa/acupuntura, medicina antroposófica e termalismo social.

ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas

Obras do metrô na Avenida Dois de Julho seguem aceleradas

Artigo anterior

Criolo Fest 2017 mais uma edição de Sucesso Todo Mundo lá

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *