entretenimentolauro de freitassaude

Enfermeiras da UPA recebem treinamento para manejo de casos suspeitos de Covid-19

0

Enfermeiras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Itinga, em Lauro de Freitas, foram capacitadas, nesta quarta-feira (8), para a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro) para o diagnóstico do coronavírus (Covid-19), além do uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e notificação compulsória dos casos suspeitos. As profissionais tiraram dúvidas quanto ao manejo de casos suspeitos e confirmados, de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde.

“Deve ser realizada a coleta de aspirado de nasofaringe (ANF) ou swabs combinados (nasal/oral) ou ainda amostra de secreção respiratória inferior – escarro ou lavado traqueal de todo caso que se enquadre nos critérios de suspeita clínico e ou epidemiológico”, explicou a enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VIEP) da Secretaria Municipal de Saúde, Karina Rocha, realizando a demonstração do material.

O protocolo orienta que após coletar a amostra e realizar a notificação, é necessário fazer contato com a VIEP Lauro de Freitas para que o material possa ser encaminhado ao Lacen-Ba. “O próximo passo realizado pelo profissional é a notificação dos casos suspeitos da Covid-19”, enfatizou Karina erguendo a ficha onde os detalhes dos pacientes devem vir descritos.

Todas as unidades que receberem indivíduos que se enquadrem em casos suspeitos, prováveis e confirmados, devem notificar em até 12 horas a VIEP de Lauro de Freitas pelo telefone: 3369-9910 e e-mail, e notificar também a CIEVS-Bahia pelos telefones: (71)3116-0018, (71) 99994-1088, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

A capacitação que integra ações estratégicas do Comitê Operacional de Emergência em Saúde (COE Saúde) sob gestão da Vigilância em Saúde, abordou também o uso adequado dos EPIs nas unidades de saúde. De acordo com a coordenadora de Vigilância em Saúde do Trabalhador, Aline Mendes, o uso dos EPIs é recomendado a todos os profissionais, assim como a implementação da precaução padrão para prevenir a transmissão entre pacientes e profissionais de saúde.

“Todos os profissionais de saúde devem utilizar sempre equipamento de proteção individual (EPI) quando em contato com o caso suspeito ou confirmado”, enfatizou.

Jornalista Giovanna Reyner
Foto Lucas Lins
09/04/2020
ASCOM/PMLF
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Covid-19: Joseildo destina R$ 1 milhão para duplicar leitos de UTI no Hospital Dantas Bião

Artigo anterior

Prefeitura orienta população no cadastramento para recebimento de auxílio emergencial

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *