lauro de freitasnotíciaspolícia

Força-Tarefa interrompe festa clandestina e dispersa aglomerações em Lauro de Freitas

0

Uma festa clandestina com mais de 30 pessoas, em uma casa no bairro de Pitangueiras, foi interrompida pela Força-Tarefa de fiscalização durante o final de semana, em Lauro de Freitas. Na ação, intensificada no Dia dos Namorados, cerca de 60 estabelecimentos foram vistoriados e mais de 50 pessoas foram abordadas. A fiscalização visa assegurar o cumprimento do decreto municipal 4.834/2021, em vigor até a segunda-feira (21).

A Força Tarefa que percorreu as ruas da cidade para averiguar o funcionamento dos estabelecimentos comerciais, conscientizar a população, dispersar aglomerações e festas clandestinas, é composta por servidores das Secretarias de Trânsito, Transporte, Ordem Pública (Settop), Desenvolvimento Urbano Sustentável e Ordenamento do Uso do Solo (Sedur), Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), com o apoio da Guarda Civil Municipal e Polícia Militar da Bahia.

A ação também contou com o apoio dos munícipes, que denunciaram aglomerações através do Centro Integrado de Mobilidade Urbana – Cimu no telefone 156 e do WhatsApp pelo número 71 98153-4034.

O resultado da operação, segundo Smith Neto, superintendente de Trânsito, Transporte e Ordem pública, foi muito positivo entre os munícipes e estabelecimentos. “Devido ao trabalho preventivo da nossa força-tarefa com os bares e restaurantes em nosso município, o resultado foi muito satisfatório”, afirmou.

Jornalista: Aina Soledad
Foto: Settop

13/06/2021

SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas
www.laurodefreitas.ba.gov.br
TEL.: (71) 3288-8371
Isabela Rocha – Coordenadora de Jornalismo
Mara Campos – Superintendente de Comunicação

Referência em segurança alimentar, equipamentos de Lauro servem de modelo outros municípios

Artigo anterior

Lauro de Freitas entrega cestas básicas para motoristas do transporte escolar

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *