notíciaspolíciapolítica

Ônibus da caravana de Lula são atingidos por tiros

0

Dois dos três ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela região Sul foram alvejados com tiros nesta terça-feira (27) na estrada entre Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no Paraná. Os disparos foram relatados por integrantes da caravana do petista. Ninguém ficou ferido. O ônibus em que estava o ex-presidente Lula não foi atingido.

Um dos veículos levou três tiros. Um dos disparos perfurou a lataria e outros atingiram um dos vidros do automóvel. O ônibus carregava jornalistas de blogs e sites independentes alinhados ao PT, que fazem a comunicação da caravana, e repórteres estrangeiros. Ao menos um argentino e um alemão estavam a bordo.

Dois pneus do veículo que conduzia os jornalistas foram atingidos por “miguelitos” – objetos pontiagudos usados para bloquear vias. O outro ônibus, que levou só um tiro, estava com convidados da caravana.

O ex-presidente publicou duas fotos com os ônibus alvejados. “Se eles acham que fazendo isso vão nos assustar, estão enganados. Vai nos motivar. Não podemos permitir que depois do nazismo esses grupos fascistas possam fazer o quiser”, escreveu Lula nas redes sociais.

“Esperamos que quem está no governo estadual e federal, seja golpista ou não, assuma a responsabilidade. Atacaram o ônibus que estava a imprensa”, disse também. “Se querem brigar, briguem comigo nas urnas. Mas vamos respeitar a democracia, a convivência na diversidade”, afirmou. “O que eu estou vendo agora é quase o surgimento do nazismo. O que estamos vendo agora não é política, porque se quisessem derrotar o PT, iriam para as urnas.”

Gabriel Andrade: Vitória vence e avança como líder do grupo; Ouça os gols

Artigo anterior

Em êxtase, Tite destaca disciplina do Brasil para vencer Alemanha

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *