política

Para Rui, novos nomes de partidos não representam nova política

0

Para o governador Rui Costa (PT), a estratégia adotada por alguns partidos para mudar de nome, como o PMDB, que voltou a se chamar MDB, não servirá para que essas siglas recuperem sua credibilidade junto ao eleitorado. De acordo com o petista, mudanças substanciais só ocorrerão mediante uma reforma política.

“As mudanças que a população espera são muito mais profundas que isso. Temos que transformar com uma reforma política, que não fizemos, mas espero que após a eleição isso seja prioridade”, defendeu, durante assinatura da ordem de serviço para a revitalização das basílicas do Senhor do Bonfim e Conceição da Praia, na manhã desta terça-feira (09).

“O que temos aqui não existe em nenhum lugar do mundo, 40 partidos. Somos a exceção no erro. A regra é ter partidos fortes, que as pessoas olhem e saibam como aquele partido pensa. Hoje, os partidos, como regra geral, se enfraqueceram e perderam o significado, e isso não é bom. As ideais precisam ser mais fortes”, acrescentou. 

Hits esquentam verão baiano e acirram disputa por música do Carnaval; confira

Artigo anterior

Prefeita cobra da Embasa normalização no fornecimento de água em Lauro de Freitas

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *