lauro de freitasnotíciaspolítica

Proerd comemora 15 anos de ação educativa contra as drogas e a violência na Bahia

0

Ao som do Hino Nacional executado pela orquestra da Polícia Militar do Estado da Bahia, mais de 2.500 alunos de 46 escolas públicas e particulares da capital e Região Metropolitana, além do Colégio da Polícia Militar (Salvador), participaram, nesta sexta-feira (9), da formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), no Centro Panamericano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas. A solenidade marcou os 15 anos de atuação do programa no estado e homenageou a prefeita Moema Gramacho em reconhecimento ao seu apoio e incentivo à execução da ação no município.
“O Proerd e todos os programas que contribuam para evitar que os jovens sejam atraídos para o ilícito terão sempre o nosso apoio”, disse a prefeita, que agradeceu a homenagem. Durante a solenidade não faltou animação por parte da garotada que respondia, atenta, as brincadeiras de Tio Paulinho, Chiquinho e do grupo de teatro “Juntos e Misturados”.
O momento mais esperado da tarde foi a revelação das três melhores redações que deviam conter a vivência pessoal do estudante com o Proerd. Representando Lauro de Freitas, o estudante da escola Enock Amaral, Micael Santos, que é deficiente auditivo, fez bonito e levou para casa o segundo lugar e como prêmio uma bicicleta. “Eu aprendi muitas coisas com as aulas, hoje penso mais antes de agir e procuro orientar as pessoas que estão em meu convívio”, disse ele usando a Língua Brasileira de Sinais (Libras).
Representando o governador Rui Costa, o comandante Anselmo Brandão avaliou o programa como uma grande forma de prevenção. “O Proerd trabalha no resgate desses jovens para que eles não cheguem a ter acesso às drogas. É um trabalho que envolve a escola, a família e a PM. Com essas ações constatamos uma redução significativa de crianças com envolvimento em práticas duvidosas”, pontuou Brandão. O Programa, segundo ele, alcançou na Bahia nestes 15 anos a impressionante marca de mais de 630 mil crianças, adolescentes, pais e responsáveis formados pelos professores policiais militares em todo o Estado,
Para a pequena Amanda dos Santos Oliveira, de 12 anos, “o programa imprime uma função excelente. O que tem prevalecido, ultimamente, é a cultura da violência, das drogas. Ter um projeto desses dando chance a essas crianças para que tenham uma outra visão de vida nos incentiva a lutar com eles”. Sentimento semelhante ao de Emily Santana, de 10 anos. “O Proerd me deu uma visão maior sobre a vida e foi muito importante para mim”, disse.
Somente este ano em Lauro de Freitas, mais de três mil alunos ouviram durante as aulas do Proerd executadas nas unidades escolares, sobre a importância da família, selecionar bons amigos, dizer não ao oferecimento de substâncias tóxicas e multiplicar seus conhecimentos na comunidade em que estão inseridos. No município as aulas acontecem semanalmente em dez escolas da rede municipal de ensino e em duas escolas particulares. Os instrutores são policiais militares capacitados à executarem as aulas de forma dinâmica e com linguagem adaptada as faixas etárias.

Jornalista Giovanna Reyner
Fotos Lucas Lins
ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas
09/11/2018
71 3288 8371
www.laurodefreitas.ba.gov.br

Com 890 unidades, conjunto do MCMV está pronto para ser entregue em Lauro de Freitas

Artigo anterior

Dia da Cultura foi comemorado em Lauro de Freitas

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *