lauro de freitasnotíciaspolítica

SEPADHIR inicia nova etapa do Mapeamento Municipal de Organizações Negras de Lauro de Freitas

0

Inédito em Lauro de Freitas, o Mapeamento Municipal de Organizações Negras entrou numa nova fase esta semana com a realização de cadastro de forma presencial, em Vida Nova. Anteriormente, o cadastro era realizado através de formulário online.

A etapa presencial do trabalho, que tem como foco catalogar entidades de representatividade negra na cidade para idealizar políticas públicas voltadas a estes segmentos, vai percorrer os cinco polos de identidade: Itinga, Vida Nova, Portão, Areia Branca e Centro. O próximo local a ser visitado será Itinga, a partir da próxima terça-feira (28).

A iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial (SEPADHIR), por meio da Superintendência de Promoção de Política de Igualdade Racial (SUPPIR), é uma estratégia da pasta para amenizar alguns entraves causados pela falta de acesso da população aos meios digitais.

Segundo a superintendente da SUPPIR, Aline Oliveira, no período em que estava disponível de forma online, mais de 50 entidades, entre grupos, coletivos e terreiros, efetuaram o cadastro.

O secretário da SEPADHIR, Clóvis Santos, informou que a expectativa para esta nova fase é alcançar maior número de inscrições para dar encaminhamentos aos pleitos da categoria junto ao poder público. “O questionário está bem descritivo, o que nos possibilita um rico detalhamento sobre as características identitárias de cada organização. Sendo assim, com esse trabalho, a gente espera poder ajudar, levar informação e fazer valer os direitos das organizações”.

Lauro de Freitas tem mais de 80% da população negra, mais de 400 terreiros e uma vasta riqueza cultural, conforme informações do Movimento Negro Unificado do município.

Apoio da sociedade civil

Admiradora da iniciativa, Mameto Laura Borges, que é representante de comunidades de terreiros de matriz africana, se dispôs a auxiliar o mapeamento. Mameto contou que é satisfatório percorrer as ruas da cidade em prol de ajudar a identificar as organizações.

“Para que posteriormente a gente busque o apoio da Prefeitura para desenvolver algumas áreas, dar visibilidade e quantificar quantos terreiros realmente a gente tem. Esse trabalho é de suma importância para nós e para o município”, destacou.

Jornalista: Aina Soledad
Foto: divulgação SUPPIR
23/09/2021


SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas
www.laurodefreitas.ba.gov.br
TEL.: (71) 3288-8371
Isabela Rocha – Coordenadora de Jornalismo
Mara Campos – Superintendente de Comunicação

Prefeitura, Embasa e Conder realizam visita técnica na Lagoa do Base onde será executada obra de urbanização orçada em 1,7 milhão

Artigo anterior

GAPA Bahia e CTA de Lauro de Freitas promovem ação para diagnóstico e prevenção ao HIV

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *