No Mês da Mulher, prefeita reforça pedido de DEAM para Lauro de Freitas

0
126

No mês dedicado às mulheres, a implantação de uma Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) em Lauro de Freitas, numa parceria do município com o Governo do Estado, foi tema de encontro entre a prefeita Moema Gramacho, a secretária Estadual de Política para Mulheres, Julieta Palmeira, e Municipal, Juçara Neves, com o secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, Ricardo Mandarino. O encontro, na sede da SSP-BA, foi realizado na última semana.

A instalação da DEAM no município visa fortalecer o enfrentamento à violência de gênero na cidade e proporcionar atendimento especializado e acolhedor para as mulheres em situação de violência ou ameaçadas. A viabilidade para a implantação será verificada por Mandarino e informada ao município em breve.

A gestora municipal reforçou que somado aos outros equipamentos voltados ao atendimento ao público feminino, como a Secretaria Municipal de Política para Mulheres (SPM), a Ronda Maria da Penha e o Centro de Referência Lélia Gonzalez, a delegacia especializada será de extrema importância para acolher, orientar e garantir o direito de todas.

“As mulheres vítimas de violência não se sentem confortáveis em denunciar o caso em qualquer delegacia. Sem nenhum demérito as outras delegacias, mas elas precisam de um atendimento especializado. É preciso ter uma mulher no local que possa recebê-la e prestar os cuidados necessários e atender alguém que está muito fragilizada. Em alguns casos, não machucada fisicamente, mas psicologicamente. Por isso é mais que necessário uma delegacia especializada”, frisou.

A Bahia dispõe de 15 delegacias especializadas para esse tipo de violência nos municípios com população acima de 100 mil habitantes, de acordo com Palmeira. A secretária contou que o pleito é de extrema necessidade para qualificar o atendimento e melhor atender as mulheres. “A nossa expectativa é que ainda em março teremos um retorno em relação a essa solicitação. A DEAM será um importante equipamento de proteção e atendimento as nossas mulheres”, afirmou.

A prefeita Moema Gramacho também disse que assim como a Prefeitura de Lauro de Freitas construiu uma Delegacia em Portão e um prédio para o Corpo de Bombeiros e cedeu para o Estado colocar para funcionar, poderia também disponibilizar um espaço para esta nova Delegacia.

Na avaliação da titular da SPM municipal, Juçara Neves, a DEAM pode inibir a prática violenta e vai oferecer melhor atendimento as mulheres. “As mulheres vítimas de violência precisam de um acolhimento melhor, não que as outras delegacias não o façam, mas é sobre a mulher se sentir mais à vontade dispondo de um atendimento especializado. Sabemos que após a pandemia houve um aumento de casos e a Deam será muito proveitosa para as mulheres”, disse.

Na luta pelo fim da violência contra a mulher, o município recentemente assinou Termo de Cooperação do Programa Acolhe, que visa prestar atendimento, acolhimento temporário, além de acompanhamento social, psicológico e jurídico para este público.

Centro de Referência

Somente no último trimestre de 2021 foram realizados mais de 1.500 atendimentos no CRAM Lélia Gonzalez, que há 15 anos atende mulheres que buscam apoio para romper o ciclo abusivo. Ele presta serviço a maiores de 18 anos, residentes no município e que se encontram em situação de violência doméstica, familiar e de gênero, com serviços de assistência psicológica, social, pedagógico e orientações jurídicas. O local também dispõe de grupos terapêuticos e cursos profissionalizantes.

Jornalista: Aina Soledad
Foto: Rafael Magno

08/03/2022

www.laurodefreitas.ba.gov.br
TEL.: (71) 3288-8371
Isabela Rocha – Coordenadora de Jornalismo
Mara Campos – Superintendente de Comunicação

Aladim Locutor

Deixe uma resposta