Encontro de Arte e Cultura LGBTQIA+ acontece no Cine Teatro de Lauro de Freitas nesta sexta-feira (28)

0
88

A alegria e a representatividade irão tomar conta do Cine Teatro de Lauro de Freitas, no Centro, a partir das 17h desta sexta-feira (28), quando acontece o Encontro de Arte e Cultura LGBTQIA+. O evento será realizado pela Associação Cultural de Políticas Afirmativas, Promoção e Defesa dos Direitos da População LGBTQIA+ (NUPAF BAHIA) e pelo Coletivo da Diversidade e Cidadania Caixa D’água / Quingoma (CDC), com apoio da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECULT) e da Secretaria Municipal de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial (SEPHADIR).

Com o tema: “Viver com orgulho e respeito na cidade que amamos”, o evento em alusão ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, é aberto ao público, e tem como objetivo instituir uma rede de compartilhamento de experiências voltadas para contribuir com a reflexão acerca da utilização da arte e da cultura como ferramenta política para o estabelecimento de questões/discussões pertinentes a esta comunidade em Lauro de Freitas. 

O titular da SECULT, André Pereira, comentou que Lauro de Freitas viverá um momento histórico ao sediar o encontro, e completou: “é muito importante consagrar um diálogo permanente e avançando na construção do reconhecimento da cultura LGBTQIA+ no município, diante da vasta produção artística em segmentos como dança, teatro, música, arte drag queen, entre outros. Esses artistas e fazedores de cultura, contribuem para o avanço das políticas públicas culturais e nossa gestão seguirá respeitando o fazer artístico desse movimento e assegurando o acesso aos bens e serviços culturais”, disse.

A presidente do CDC, Vilma Bahia, reforçou a importância do evento. “É muito importante ver a nossa bandeira se destacando na arte e em todas as linguagens e veículos. Por muito tempo esteve escondida e fomos marginalizados. Ter representatividade e ter espaço no cenário artístico é muito importante, pois ajuda a reduzir o preconceito e dar acesso à informação”.

Para a presidente da NUPAF BAHIA, Gabrielle Sena, a arte LGBTQIA+ vai além do entretenimento. “Quando falamos em arte e cultura LGBTQIA+, falamos em arte politizada, ativista, mesmo quando o propósito é o entretenimento. A presença de LGBTQIA+ na cultura é cada vez mais forte e representativa. O desafio é vencer o preconceito em nós mesmos todos os dias. Acordamos todos os dias com todos os preconceitos vivos em nossa cultura, cabe a cada um de nós o exercício diário de praticar a empatia. Sorrir ao invés de julgar, talvez o sorriso possa mudar o mundo”, destacou.

 A data 

O Dia Internacional do Orgulho LGBT é celebrado todos os anos no dia 28 de junho. A data é comemorada mundialmente  após chamada de Revolta de Stonewall de 1969, considerada um marco para a comunidade LGBTQIA+ no mundo todo.

Aladim Locutor

Leave a reply