Julho Amarelo: Prefeitura lança campanha de conscientização sobre hepatites virais e oferece testagens

0
284

A Prefeitura de Lauro de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESA), lançou na manhã desta segunda-feira (3), a campanha “Julho Amarelo”. O objetivo é conscientizar a população em relação ao tratamento das hepatites virais. Testagens são oferecidas diariamente à população. O evento aconteceu no Centro de Testagem e Aconselhamento/Serviço de Assistência Especializada (CTA/SAE), em Ipitanga. O secretário municipal de Saúde, César Augusto, destacou a importância da campanha, que vai até o dia 31 deste mês. O titular da pasta elogiou a gestão e o investimento feito na área da saúde, além de enaltecer sua equipe. “É uma campanha de conscientização. Ressalto a importância da gestão da prefeita Moema Gramacho, que me possibilitou fazer parte e construir uma boa gestão de saúde, com profissionais empenhados, equipes preparadas. Isso mostra onde nós chegamos, para onde nós vamos”, disse.A médica infectologista Laurência Vânia reforçou a necessidade de buscar o CTA em caso de sintomas. “Essa campanha é muito importante. Cada dia que passa é preciso reforçar que existe a possibilidade de tratamento e cura das hepatites virais e são essas campanhas que vão despertar na população a consciência de prevenção e tratamento. Então, o Julho Amarelo é de suma importância pra isso. O envolvimento da comunidade”, ressaltou.De acordo com a Drª. Vânia, é preciso ter cuidado e atenção para evitar o contágio. Ela alertou para o uso de objetos perfuro cortantes e seus compartilhamentos. “A transmissão é pelo sangue. O uso compartilhado de materiais de manicure, pedicure, lâminas, barbeador, podem estar infectados. Então, essas pessoas devem evitar utilizar esses materiais que possam estar com sujidade de sangue. Às vezes as pessoas que compartilham esses objetos nem sabem que estão contaminadas. Então, tenham cuidado”, ressaltou.As hepatites virais (A, B e C) são infecções que atingem o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves. Muitas vezes são infecções silenciosas. Os sintomas mais comuns são: cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. O vírus da hepatite D (mais comum na região Norte do país) e o vírus da hepatite E, são menos frequentes no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, o impacto dessas infecções acarreta em aproximadamente 1,4 milhões de mortes anualmente no mundo, seja por infecção aguda, câncer hepático ou cirrose associada às hepatites. A taxa de mortalidade da hepatite C, por exemplo, pode ser comparada ao HIV e à tuberculose.
Texto – Neison CerqueiraFoto – Raphael MullerSUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitaswww.laurodefreitas.ba.gov.brTEL.: (71) 3288-8371

Aladim Locutor

Leave a reply