Lauro de Freitas prepara programação especial para o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

0
80

Em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, comemorado no dia 18 de maio, a Prefeitura de Lauro de Freitas prepara uma programação diversificada, para reforçar a importância de combater esse crime. A partir da próxima segunda (09), serão realizadas rodas de conversa nas escolas municipais, com a transmissão de um vídeo educativo. No dia 18 (quarta), será realizado o Grande Sarau, no Parque Ecológico, com atrações musicais, animadores e recital de poesia.

A atividade está sendo coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, através do Centro de Referência Especializado de Assistência (CREAS). O vídeo educativo conta com a participação de alunas da Escola Vila Nova de Portão, que representam a classe estudantil, citando as principais dúvidas a respeito do assunto. Para as respostas, foram convidados alguns profissionais das áreas de Psicologia, Direito, Pedagogia e Assistência Social. A transmissão será nas escolas, conforme cronograma interno.

De acordo com a coordenadora do CREAS, a ideia da atividade dentro da escola, é identificar casos de violação e ajudar na prevenção. “A campanha é nacional e envolve todos na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, focando na questão do abuso sexual. Então decidimos fazer essa ação nas escolas, por ser o maior termômetro para identificar as violências enfrentadas. Nada melhor do que trabalharmos com a prevenção. Queremos colaborar para um desenvolvimento seguro e livre de abusos” relatou.

18 de Maio

O dia 18 de maio marca uma luta diária da sociedade brasileira: a proteção de crianças e adolescentes contra os crimes de abuso e exploração sexual. A data foi escolhida em alusão ao crime ocorrido na cidade de Vitória – Espírito Santo, em 1973, que vitimou a menina Araceli Cabrera Crespo, sequestrada, violentada e assassinada aos oito anos de idade. Um crime que chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”.

O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. Hoje, 22 anos depois de instituída a Lei.9.970/00, a proposta anual da campanha é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

Jornalista: Iana Silva
Foto: Maína Diniz

04/05/2022

SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas
www.laurodefreitas.ba.gov.br
TEL.: (71) 3288-8371
Isabela Rocha – Coordenadora de Jornalismo
Mara Campos – Superintendente de Comunicação

Aladim Locutor

Deixe uma resposta