Neojibá e Prefeitura promovem intercâmbio inédito entre os  núcleos de Lauro de Freitas e Mata Escura

0
119

Os olhos brilhando, as mãos trêmulas, ansiedade em alta e metas estipuladas: alçar voos maiores. “Minha expectativa não só aqui na apresentação, mas também no Núcleo NEOJIBÁ, é que eu quero evoluir bastante, tanto no canto, como desejo ser professora, representante. Enfim, eu tô muito feliz”, a fala é da adolescente Nívea Souza, de 16 anos, que também aproveitou para deixar um recado importante: “É uma oportunidade rara e se você conseguir, agarre. Faremos de tudo para representar o melhor grupo”, declarou a integrante da equipe de Mata Escura. 

Na tarde desta quarta-feira (11), a Neojibá e Prefeitura promoveram um intercâmbio entre os núcleos de Lauro de Freitas com o recém criado de Mata Escura, em Salvador, onde alunos das duas unidades se apresentaram juntos e, como novidade, pela primeira vez, cantaram com a orquestra infanto-juvenil do município. A apresentação aconteceu na sede do Neojibá, nas Aldeias SOS. Cerca de 120 alunos, entre crianças e adolescentes, participaram da atividade.

Para Esdras Efraim, coordenador do Núcleo de Mata Escura, a oportunidade é um presente. Ele reforça a importância do intercâmbio entre os núcleos e acredita que essa é uma oportunidade de transformação. “É um prazer enorme estar aqui. Sabemos que o núcleo de Lauro tem uma história muito forte, ter sido um dos últimos a serem abertos e tem a gente agora também. Temos uma grande expectativa de musical, de transformação das nossas crianças. A nossa esperança é de transformação com a música fazendo isso. Estou feliz por terem aberto esse espaço. Essa parceria está acontecendo agora, mas entendendo que quando terminar lá na frente, a gente sabe que muitas histórias serão tocadas aqui. A importância do intercâmbio é exatamente essa troca que a gente faz”, declarou.

Esdras entende que a música conta história e agradeceu a oportunidade de ter recebido o convite. “Precisamos fazer este caminho ir mais adiante. Trazemos nossa história e levamos uma história. É possível ter mudanças realistas, com um conhecendo o outro e fazendo músicas juntos. Estou feliz por terem aberto esse espaço para virmos com nossas crianças. É tudo muito novo e já receberam esse presente, que é uma orquestra que está se preparando há muito tempo. É um momento muito especial”, completou. 

Aos 13 anos, Rebeca Santana, também integrante de Mata Escura, ficou lisonjeada por poder participar da apresentação e faz projeção para o futuro dentro do núcleo. “Muito legal esse intercâmbio, porque eu nunca tive essa oportunidade, é a primeira vez. Espero que tenha mais e mais. Não vejo a hora de me apresentar, estou muito contente com isso. Eu só canto, mas quero aprender a tocar os instrumentos, quero aprender a tocar violino”, contou. 

O coordenador e maestro do Núcleo de Lauro de Freitas, Alexandre Guimarães, classificou o encontro pedagógico como maravilhoso e elogiou as parcerias. “Fizemos uma ação pedagógica maravilhosa desses núcleos, que é uma parceria com a Prefeitura. Recebemos o Núcleo de Mata Escura, que é o mais novo, tem pouco mais de um mês de inauguração. Então, é o nosso irmão caçula. Fizemos um aulão com todos os núcleos da áreas de coral e por ter sido recém inaugurado, eles não começaram as atividades de orquestra. Então, essa é a primeira vez que eles tiveram a oportunidade de se apresentar com uma orquestra, que é orquestra infanto-juvenil. É uma ocasião importantíssima, um evento pedagógico maravilhoso”, explicou.

Texto – Neison Cerqueira

Foto – Danilo Magalhães

SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas

www.laurodefreitas.ba.gov.br

TEL.: (71) 3288-8371

Aladim Locutor

Leave a reply