Novo PAC: Governo da Bahia será contemplado com novas maternidades e Policlínicas Regionais de Saúde

0
61

Em breve, a Bahia passará a contar com mais três maternidades e outras três Policlínicas Regionais de Saúde. O anúncio foi feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quinta-feira (7), durante apresentação dos resultados de 16 das 27 modalidades do Novo PAC Seleções, que compreendem os eixos Saúde, Educação, Ciência e Tecnologia e Infraestrutura Social e Inclusiva.

Dentre 716 anúncios feitos para a Bahia, 255 foram para a área da saúde e serão distribuídos para 197 municípios do estado, contemplando Policlínicas Regionais de Saúde, Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Unidade Odontológica Móvel (UOM), maternidades, Centros de Parto Natural (CPN) e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Dentre as propostas encaminhadas pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), foram aprovadas a construção de maternidades com Centro de Parto Normal em Amargosa, Valença e Serrinha, além de Policlínicas Regionais de Saúde em Remanso, Itapetinga e Camaçari. Os municípios também tiveram propostas para a saúde contempladas. Ao todo, foram aprovadas a construção de 165 UBS, sete Caps, quatro maternidades, quatro Centros de Parto, quatro policlínicas, um Centro Especializado de Reabilitação (CER), uma Oficina Ortopédica e 54 unidades odontológicas. A previsão é que as obras e os empreendimentos do Novo PAC Seleções beneficiem uma população de 12,7 milhões de baianos nas áreas de saúde, educação, cultura e esporte. 

Para a secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, que acompanhou, juntamente com o governador Jerônimo Rodrigues, os anúncios em Brasília, o investimento representará um reforço importante para a assistência nos 417 municípios do estado.

“É com muito orgulho que acompanhamos, ao lado do presidente Lula e do ministro Rui Costa, o anúncio dos investimentos do novo PAC para a saúde da Bahia. São obras que ajudarão o Governo da Bahia a continuar qualificando a assistência aos baianos e baianas. Nós tivemos a alegria de termos o segundo maior pacote de ações aprovados. Agora, temos muito trabalho daqui em diante e seguiremos levando saúde de qualidade para os quatro cantos da Bahia”, comemorou a secretária. 

Ministra da Saúde, Nísia Trindade reforçou a necessidade de um “SUS fortalecido”. Somente na área da saúde, o PAC prevê, em todo o país, a construção de 30 novos CPNs, 150 Caps e 20 CERs, além da aquisição de 400 novas UOMs e 14 centrais de regulação do Samu.

“No caso do PAC Saúde, que é uma grande conquista e um grande desafio também, nós estaremos trabalhando com o fortalecimento do cuidado em relação à nossa população. Essa é a orientação principal. Governar é cuidar. Precisamos de um Brasil bem cuidado e de um SUS fortalecido”, afirmou a ministra.

Aladim Locutor

Leave a reply