Professores e gestores de Lauro de Freitas participam de Seminário sobre Educação Integral

0
229

Com o intuito de ampliar os conhecimentos dos gestores, professores e demais servidores, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED), em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública (ASPROLF), convidou a professora e doutora, Jaqueline Moll, para apresentar o seminário “Educação Integral como eixo fundamental para a Educação Pública no Brasil”. A atividade foi realizada no Cine Teatro, localizado no Centro da cidade. A secretária da SEMED, Vânia Galvão, fez a abertura do evento, enfatizando a importância de manter esses diálogos no município, ampliando a qualidade das aulas e demais processos de aprendizagem. “É com muita alegria que recebemos Jaqueline Moll em nossa cidade. Ela que tem uma vasta experiência e é uma das principais referências da Educação Integral no Brasil. Estamos aqui para ouvir suas colocações. Tenho certeza que teremos um momento importante, de troca de experiências, potencializando a importância da educação integral para inclusão social e garantia de um futuro melhor dos nossos jovens”, disse.

Durante sua palestra, Jaqueline Moll destacou a satisfação em visitar Lauro de Freitas e a oportunidade de dialogar com os profissionais da área. Falou também sobre o papel da educação integral nas escolas, para recuperar a dignidade humana. “Só através de diálogo a gente avança. É preciso construirmos consciências. É preciso reconhecer nossas histórias. Para poder chegar no futuro é preciso reconciliar com o passado. É preciso ter uma reestruturação no formato educacional. A escola é a porta de entrada. Temos que dar a esses meninos das classes populares boas oportunidades para se colocarem no mundo. Temos que construir o sentido de igualdade social”, relatou.

Lauro de Freitas tem 82 escolas, e dessas, oito possuem o sistema integral. Alda Ester Miranda, gestora da Escola Vila Nova de Portão, que já atua no formato integral, estava bastante satisfeita com o seminário e elogiou a iniciativa. “As pessoas confundem muito escola integral com escola de tempo integral. Na nossa unidade, por exemplo, o aluno tem direito a cinco refeições, jogos interativos, aulas de inglês, libras, iniciação ao esporte, música, teatro, educação física, etc. É muito mais do que uma extensão de horários. Esse seminário foi importantíssimo para esclarecer dúvidas e trocar experiências. A escola integral é aquela que integra o social em todas as instâncias”, comentou.

Jornalista: Iana Silva
Foto: Raphael Muller
06/02/2023
SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas
www.laurodefreitas.ba.gov.br
TEL.: (71) 3288-8371

Aladim Locutor

Leave a reply