Cerca de 100 gestantes recebem kit natalidade em Lauro de Freitas

0
198

Gestantes, acompanhadas pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Lauro de Freitas, receberam na manhã desta quarta-feira (21) um Kit Natalidade contendo artigos de primeira necessidade que compõem o enxoval do bebê. A entrega, realizada na quadra da PEC 3000, em Itinga, contemplou cerca de 100 mulheres que levaram para casa: uma banheira com 25 itens de higiene, cuidados e vestuário para a criança.

A iniciativa é realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC). De acordo com o secretário da SEMDESC, Tito Coelho, as mães beneficiadas integram o Programa de Atenção Integral à Família (PAIF Gestante). “Todas são inscritas no Cadastro Único e beneficiárias do Auxílio Brasil. A gestante é assistida no contexto familiar e social. É um processo continuado, com acompanhamento também quando essas crianças nascem”, explica.

Entre os itens que compõem o kit estão banheira, toalha felpuda, tesoura de cortar unhas, saboneteira, pente, escova, fralda descartável, fita crepe, conjuntos de macacões, luvas, sapatinhos, cueiros, lençol com elástico, colônia, mamadeira, lenço umedecido, conjuntinhos e hastes flexíveis.

Esperando seu terceiro filho, Andrea Santos, afirma que o kit ajuda bastante. “Recebendo esses materiais eu já consigo fazer uma economia e assim comprar outras coisas que precisamos”, falou. O sentimento é semelhante ao de Taís Cardoso. Grávida de seis meses, ela conta que em casa apenas o marido está trabalhando e o kit deu um reforço importante para os preparativos com a chegada do bebê, primeiro filho do casal. “No momento eu estou desempregada, então fica tudo mais difícil. Esse kit chegou em boa hora”, contou.

Acompanhada pelo CRAS desde o começo da gestação, Maria Cristina, 42 anos, inicialmente recebeu a notícia da gravidez com surpresa. A moradora de Itinga, conta que havia feito a cirurgia de ligadura das trompas há cinco anos e precisou de auxílio psicológico quando descobriu a gestação. “No CRAS eu encontrei a ajuda que eu precisava. Eu já tinha certeza que não teria mais filhos e tudo isso caiu como uma bomba na minha cabeça. Além disso, estava em um relacionamento abusivo e com esse apoio consegui avançar e me libertar”, revelou.

Mais de 600 kits entregues em 2022

A Lei municipal nº 1.365 assegura o Kit natalidade a mulheres em situação de vulnerabilidade. Somente no ano de 2022, mais de 600 kits foram distribuídos em Lauro de Freitas.
A dispensação dos Kits acontece em média a cada três meses em todos os seis CRAS distribuídos na cidade.

Texto – Giovanna Reyner
Foto – Maína Diniz
SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas
www.laurodefreitas.ba.gov.br
TEL.: (71) 3288-8371

Aladim Locutor

Leave a reply