Com homenagem a Moraes Moreira e show de Daniela Mercury, Carnaval do interior é lançado em Itacaré

0
131

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDH) e a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social da Bahia (Seades) vão trabalhar conjuntamente, durante o Carnaval, no enfrentamento aos crimes e violências contra pessoas LGBTQIAP+, crianças e adolescentes, idosos e pessoas com deficiência. Irão, ainda, monitorar e encaminhar denúncias de exploração sexual e trabalho infantil.  

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) vai estar na festa de diversos municípios com a ação ‘Respeita as Mina’, já conhecida no Carnaval de Salvador. A secretária da pasta, Elisangela Araújo, destacou a importância dessa campanha para o combate às violências contra as mulheres durante o período momesco.  

“Nós estamos preparando toda uma equipe para fazer uma parceria com as prefeituras municipais. Estaremos em Porto Seguro e em todas as cidades que tiverem Carnaval pra levar a informação, levar a sensibilização e, também, a condição junto com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, pra que a gente possa oferecer a proteção e formar pessoas para que elas sejam agentes multiplicadores da informação”, frisou a gestora.  

Saúde 

Nos circuitos da folia na Bahia, serão instalados postos de testagem rápida para diagnóstico de HIV, sífilis e hepatites virais. Haverá, ainda, a distribuição permanente de preservativos durante o Carnaval para prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).  

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) também fará um reforço nas equipes de assistência à saúde nos hospitais regionais, entre os quais estão: Hospital Regional Mário Dourado Sobrinho, em Irecê; Hospital Regional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro; Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus; Hospital Regional Dantas Bião, em Alagoinhas; Hospital Regional de Juazeiro, Hospital Regional do Oeste, em Barreiras; Hospital Regional da Chapada, em Seabra; Hospital Regional de Guanambi; e Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. 

Repórter: Milena Fahel 

Aladim Locutor

Leave a reply