Contribuintes aproveitaram o sábado para fazer a  declaração do IR durante ação com apoio da Prefeitura de Lauro de Freitas 

0
57

Contribuintes aproveitaram o sábado para fazer a  declaração do IR durante ação com apoio da Prefeitura de Lauro de Freitas 
Em Lauro de Freitas, os contribuintes separaram o sábado (21) para declarar o Imposto de Renda e ficar em dia com a Receita Federal. Eles aproveitaram a ação de atendimento gratuito, realizada pelo Instituto Socializar com o apoio da Prefeitura. Foram 14 contadores, que de forma voluntária, atenderam pessoas físicas e integrantes do Microempreendedor Individual (MEI), que não sabem ou não têm condições de pagar para fazer a declaração.
A iniciativa foi realizada das 9h às 17h no SAC Empresarial, localizado no Centro Administrativo de Lauro de Freitas (CALF). De acordo com o superintendente de Ações Estratégicas da Secretaria de Administração (SECAD), João Paulo Sales, a proposta foi para facilitar a vida do contribuinte. “Montamos toda a estrutura para atender as pessoas da melhor maneira. A ação foi planejada pela SECAD em parceria com a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Inovação Tecnológica (SMDE) e pode ser prolongada”, disse.
Para Letícia Oliveira, uma das primeiras a chegar no atendimento, a ação solucionou um problema que ela estava enfrentando. “Eu passei num concurso público e não pude tomar posse ainda porque não tinha realizado a declaração.  Atualmente estou desempregada e não posso pagar pelo serviço. Saio daqui hoje com a esperança de poder voltar ao mercado de trabalho”, ressaltou. 
O mesmo sentimento de agilidade e presteza foi observado pelo trabalhador autônomo, Anderson Soares. Ele conta que desde 2017 integra o MEI e a iniciativa para declarar o Imposto de Renda de forma segura e rápida trouxe para ele a segurança de não haver problemas no futuro. “Assim que eu soube me programei logo para vir. Declarar o imposto de renda com profissionais é algo que me tranquiliza, pois sei que tudo estará correto e não terei surpresas desagradáveis no futuro”, contou. 
Não perca o prazo
O prazo para enviar o documento sem multa termina em 31 de maio. Quem perder o prazo paga multa de 1% ao mês sobre o imposto devido. De acordo com a Receita Federal, a declaração é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021. Para atividade rural, a obrigatoriedade é para quem teve receita bruta superior a R$ 142.798,50 no ano passado. Também devem fazer a declaração, os contribuintes com rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, de mais de R$ 40 mil; aqueles com patrimônio de mais de R$ 300 mil e os que tiveram ganho de capital na alienação de bens ou direitos ou fizeram operações na bolsa de valores, incluindo os dependentes.

Foto – Danilo MagalhãesSUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitaswww.laurodefreitas.ba.gov.brTEL.: (71) 3288-8371

Aladim Locutor

Deixe uma resposta